quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Teresópolis homenageia estudantes que se destacaram


Familiares e convidados aplaudem os alunos - Foto: AsCom PMT

A Secretaria Municipal de Educação realizou, no auditório da Alterdata Software, na Várzea, as premiações do ‘Primeiro Jovem Talento Teresopolitano - Concurso de Poesia Olavo Bilac’, em homenagem ao centenário de morte do poeta Olavo Bilac, e da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA), que premiou 14 alunos da rede municipal de ensino e 3 da rede particular.

Prestigiado pelo Prefeito Vinicius Claussen, acompanhado pela Secretária Municipal de Educação, Rosana Mendes, e pela Subsecretária Fátima Felga, o evento contou com a presença de alunos, equipes escolares, familiares, do presidente da Alterdata, José Ronaldo Costa, e da Líder de Projetos e Parcerias Network da Alterdata, Elizabeth Sismil. Também prestigiaram a solenidade o presidente da Associação Teresopolitana de Letras, Jorge Dodaro, o poeta e servidor municipal Hudson Fernandes, um dos jurados do concurso de poesia, e representantes do Rotary Clube e da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis, entre outros convidados.

“Momento especial para a Educação de Teresópolis, mostrando o talento dos estudantes da rede municipal e a qualidade do ensino oferecido à população”, comentou o Prefeito.

Poesia

A premiação do ‘Primeiro Jovem Talento Teresopolitano - Concurso de Poesia Olavo Bilac’ agraciou 12 alunos do 2º segmento do Ensino Fundamental.

6º Ano de Escolaridade
1º Lugar – Emilly de Oliveira Rezende (CE Roger Malhardes)
2º Lugar – Jamile Ferreira da Silva (EM Alcino Francisco da Silva)
3º Lugar – Thalita Zaphiro da Silva (EM Paulo Freire)

7º Ano de Escolaridade
1º Lugar – Danielle Medeiros Pimentel (CE Rose Dalmaso)
2º Lugar – Quésia Geraldo Pires (EM Alcino Francisco da Silva)
3º Lugar – Jéssica Santana Ribeiro (CE Roger Malhardes)

8º Ano de Escolaridade
1º Lugar – Pablo Leonardo A. Charles da Silva (CE Beatriz Silva)
2º Lugar – Wallace Resende de Moraes (EM Alcino Francisco da Silva)
3º Lugar – Isabela Coelho da Costa (CE Roger Malhardes)

9º Ano de Escolaridade
1º Lugar – Gustavo da Silva Branco (CE Roger Malhardes)
2º Lugar – Nícolas Lage da Silva (CE Beatriz Silva)
3º Lugar – Sandra da Silva Lopes (EM Paulo Freire)

Olimpíada
A premiação da 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) contemplou 17 alunos de Teresópolis, sendo 14 estudantes da Escola Municipal Fazenda Alpina, na Zona rural, e três do Colégio Nossa Senhora do Carmo, da Rede Particular de Ensino.

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, conhecida popularmente como OBA, é organizada há 21 anos por uma comissão de astrônomos profissionais, pertencentes à Sociedade Astronômica Brasileira, e por engenheiros da Agência Espacial Brasileira. Acontece em todo o Brasil, envolvendo alunos de escolas públicas e privadas. A edição 2018 teve a participação de 774.232 alunos, distribuídos por 8.456 escolas.

• NÍVEL 1 – Objetos do Sistema Solar e Constelações, Satélites e Foguetes Brasileiros

Medalha de Ouro:
Samara Florenço da Silva, Isabella Almeida da Carvalho, Eduarda dos Santos Dias, Larissa de Carvalho da Silva, Théo Lucas Freire Aigner de Freitas, Arthur Neves Maciel do Carmo Andrade e Julia Hiath da Silva, da Escola Municipal Fazenda Alpina.

Medalha de Prata:
Leonidas Gabriel Oliveira Lopes, Yasmin Gomes Soares, da Escola Municipal Fazenda Alpina.

Medalha de Bronze:
Joaquin Anízio da Silva, Maysah Almeida Pires, da Escola Municipal Fazenda Alpina.


• NÍVEL 2 – Os satélites meteorológicos e de sensoriamento remoto e suas aplicações

Medalha de Ouro:
Maria Eduarda Hiath de Sá e Mikaela Silva Faria, da Escola Municipal Fazenda Alpina.

Medalha de Prata:
-Ana Victória Santos de Jesus, da Escola Municipal Fazenda Alpina, e
Luiza Farias de Oliveira, do Colégio Nossa Senhora do Carmo.

Medalha de Bronze:

Vitor Bernardo Cunha, do Colégio Nossa Senhora do Carmo.

• NÍVEL 3 - Origem do Universo. Fenômenos físicos e químicos. Gravitação. A Exploração de Marte. O efeito estufa e o buraco na camada de ozônio.

Medalha de Prata
Letícia Esteves da Costa Amaral, do Colégio Nossa Senhora do Carmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário