sexta-feira, 6 de junho de 2014

Atividades em Teresópolis pelo Dia do Meio Ambiente

Educação ambiental - foto: Jeferson Hermida

Um dia inteiro de atividades com cunho ecológico e direcionadas para a conscientização ambiental marcaram, em Teresópolis, as comemorações pelo Dia Mundial do Meio Ambiente, nesta quinta, 05/06.

O evento, na Praça Juscelino Kubitschek (a da Casa de Cultura Adolpho Bloch, em Araras) reuniu estudantes das escolas municipais da região, órgãos públicos, empresas e organizações não-governamentais, que expõem em estandes montados em praça pública os projetos e campanhas que realizam em prol da preservação ambiental.

Teatro de fantoche, distribuição de material educativo e de mudas de plantas nativas da Mata Atlântica, exposição de equipamentos de combate a incêndio florestal e de produtos orgânicos completaram a programação.

Para o secretário de Meio Ambiente, André de Mello, o município tem muito a comemorar nesta data. “Teresópolis tem três parques: um municipal, um estadual e um federal, e o parque municipal está recebendo um aporte do Governo do Estado. Então, teremos um novo impulso, como novos materiais e, talvez, a aquisição de outra sede”, adiantou, citando ainda outras ações ambientais realizadas pela Secretaria. “Temos ainda atividades nos bairros, com melhorias ambientais através de reflorestamento às margens dos rios e das encostas. Melhoramos muito as condições de reflorestamento na cidade: do início do ano até hoje plantamos cerca de cinco mil árvores”.

O recebimento de um caminhão, destinado pelo Inea (Instituto Estadual do Ambiente) para reforçar a coleta seletiva solidária implantada em 25 bairros no município, foi outra conquista lembrada por De Mello. “A Secretaria de Meio Ambiente está evoluindo nas suas diversas características, e uma delas é a coleta seletiva. Estamos recebendo um caminhão do Inea, que já foi adquirido. Teresópolis foi um dos doze municípios fluminenses contemplados. Então, temos muito a comemorar no Dia Mundial do Meio Ambiente”.

A elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico foi destacada pelo subsecretário de Meio Ambiente, Leandro Coutinho da Graça. “Nós apresentamos a caracterização do município e, na semana que vem, será finalizado o diagnóstico em relação aos problemas e potencialidades. Nós teremos uma reunião no Inea no dia 10, quando esse documento será apresentado. Depois, será convocada uma reunião para apresentar o trabalho para toda a população”, salientou.

Educação e preservação ambiental

Alunos das escolas públicas localizadas na região da Casa de Cultura e visitantes tiveram oportunidade de conhecer as ações ambientais realizadas pelo poder público, instituições e organizações não-governamentais, e conferir o emprego de tecnologias limpas em prol da melhoria da qualidade de vida da população.

A Secretaria de Meio Ambiente distribuiu folhetos sobre as suas ações, como coleta seletiva e de óleo vegetal, e exemplares da Agenda 21. O Corpo de Bombeiros expôs equipamentos de combate a incêndio florestal utilizados pelas equipes do Projeto de Proteção à Mata Atlântica. A Cedae doou 500 mudas para distribuir aos visitantes do evento, e também mostrou, através de um decantador, o processo de tratamento da água.

Equipe do Parque Estadual dos Três Picos expôs material e fez palestra sobre combate a fogo no mato. No estande do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, estudantes e visitantes tiveram acesso a informações sobre o projeto Fauna Viva, de preservação dos animais silvestres da região da Estrada Rio-Teresópolis-Além Paraíba. Além disso, a Trupe do Parque apresentou teatro de fantoches com temática ambiental.

O Centro Interescolar de Agropecuária José Francisco Lippi, escola estadual localizada no interior do município, mostrou o Projeto Boa (Batalhão de Operações Agrícolas), de formação de técnicos agrícolas com habilitação em análise do solo, de plantas e da água. A organização não-governamental Padrão Águias de Aventura Objetiva distribuiu compostagem doméstica e sabão ecológico, e ainda incentivou o uso consciente do papel, para evitar desmatamento.

O Grupo Petrópolis divulgou o projeto AMA (Área de Mobilização Ambiental), que promove ações em prol da preservação do meio ambiente. O SESC Teresópolis disponibilizou informações sobre o projeto Sistemas Agroflorestais, de produção de alimentos aliada à preservação da natureza. E a Feira Agroecológica de Teresópolis apresentou exemplares de sua produção de alimentos sem agrotóxico.


Nenhum comentário:

Postar um comentário