sábado, 23 de fevereiro de 2019

Recadastramento de beneficiários do aluguel social do Estado


Quem não recadastrar terá o benefício suspenso

Os beneficiários do Aluguel Social pago pelo Governo do Estado têm desta segunda-feira (25/02) até 1º de março para realizar o recadastramento. Quem não atualizar os dados, terá o benefício suspenso. Edital de chamamento público foi publicado na edição desta sexta-feira (22), do Diário Oficial do Município. O recadastramento será feito no Setor de Habitação da Secretaria de Desenvolvimento Social, na Várzea, das 9h às 17h.

Para a atualização de cadastro é necessário apresentar os seguintes documentos:

a) Documentos de identificação: RG e CPF;
b) Laudo da Defesa Civil (Termo de Interdição) comprovando a perda das condições de habitabilidade do imóvel onde era domiciliada a família afetada;
c) Contrato de aluguel vigente;
d) Seis últimos comprovantes de pagamento de aluguel;
e) Comprovante de residência em nome do beneficiário;
f) Número de Identificação Social – NIS;

Caso o beneficiário não tenha o número de NIS, deverá comparecer ao CRAS de referência munido dos seguintes documentos: RG e CPF e cópias de todos os membros a família, certidão de Nascimento (menor de 18 anos) ou Casamento (caso haja), comprovante de rendimento (caso o emprego seja informal, deverá ser fornecida carta de próprio punho da fonte pagadora), título de eleitor.


A Secretaria de Desenvolvimento Social funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas – Antigo Fórum (Avenida Lúcio Meira, 375, sala 120, na Várzea).

Nenhum comentário:

Postar um comentário