sábado, 2 de fevereiro de 2019

Casas de Inovação: Secretários se reúnem para prover cursos de tecnologia

Teresópolis e Nova Iguaçu conversaram sobre as Casas de Inovação - Foto: Jorge Maravilha
Oferecer cursos inovadores na área de Tecnologia para crianças, jovens, adultos e idosos é o objetivo da parceria entre as gestões municipais de Teresópolis e Nova Iguaçu. Nesta quinta (31/01), o secretário de Assuntos Estratégicos, Ciência, Tecnologia e Inovação da cidade da Baixada Fluminense, Alex Castellar, esteve em Teresópolis para conversar com a equipe da Prefeitura sobre diversos assuntos, em especial, a implantação das Casas de Inovação na cidade serrana.

Castellar, que estava acompanhado do subsecretário João Mattos, se reuniu com os secretários de Ciência e Tecnologia, Rolf Danziger, e de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Vinicius Oberg.

Rolf Danziger frisou que a visita de Alex a Teresópolis é a segunda etapa do projeto de parceria com Nova Iguaçu para a implantação das Casas de Inovação na cidade. A primeira etapa foi a ida a Nova Iguaçu para conhecer o projeto da Casa da Inovação.

“Essa aproximação com Nova Iguaçu, através do secretário Alex Castellar, é muito importante porque teremos um projeto que é um sucesso e que só vai precisar de adaptações para se adequar ao perfil de nossa cidade. Estamos pesquisando sobre o melhor local para ser a sede do projeto em nossa cidade”, completou Danziger.

Desde que assumiu a Secretaria de Trabalho, Vinicius Oberg busca conhecer iniciativas que possam auxiliar no desenvolvimento de Teresópolis. “Estamos buscando experiências bem sucedidas para que possamos recuperar o tempo perdido. Precisamos capacitar essa geração nova para um mercado de trabalho que está em constante mudança e todo projeto que possa somar a esse objetivo será bem-vindo. O projeto Casas de Inovação é uma ideia espetacular e estamos nos empenhando para que possamos ter algo nesse formato em Teresópolis”.

Teresopolitano, Alex Castellar comentou sobre a satisfação em contribuir para a vinda do projeto para o município. “Eu estou muito feliz porque estou na minha cidade. Trabalhei em vários estados e agora, com esse projeto, tive a oportunidade de conhecer o Vale do Silício, nos Estados Unidos, onde estão diversas empresas de alta tecnologia, e trazer esse ambiente de inovação para o Brasil. É fundamental que a gente insira os municípios nesse tema da inovação. E Teresópolis tem tudo para se tornar uma das cidades mais inovadoras do país e ajudar nesse processo é um prazer porque a minha base escolar e de vida aprendi aqui”.

As Casas de Inovação

As Casas da Inovação são espaços onde se trabalha o desenvolvimento de habilidades digitais em pessoas de todas as idades. Implantadas em 2018, em Nova Iguaçu, elas têm o objetivo de combater as desigualdades tecnológicas através da inserção de alunos das redes pública e particular de ensino, jovens, adultos e cidadãos atendidos pela Assistência Social do município, terceira idade e pessoas com deficiência.

O projeto começou com 60 alunos e com a instalação de 10 novas Casas da Inovação previstas para 2019, o número de vagas vai pular para 7 mil. Atualmente, entre os cursos oferecidos estão criação de aplicativos e de games, robótica e youtuber. As aulas acontecem uma vez por semana, e cada curso tem duração de quatro meses.

Nenhum comentário:

Postar um comentário