quinta-feira, 18 de abril de 2019

Estudantes realizam atividades ambientais no Horto


Experiências ambientais - Foto: PMT

Alunos da Escola Municipal Belkis Frony Morgado, no bairro de São Pedro, participaram, nesta quarta (17), do ‘Projeto Vivências de Educação Ambiental’, no Horto Municipal. As crianças participaram de uma visita guiada ao Jardim Sensorial e de uma aula interativa sobre plantas medicinais.

Eles também visitaram a Carpoteca, um banco de sementes com enorme variedade de espécies; Interações com a Natureza, um passeio pelo Horto observando a flora e fauna e aprendendo sobre elas; Bichos da Mata Atlântica, uma atividade lúdica onde as crianças utilizam fantasias de bichos ameaçados de extinção e, após o lanche, a atividade de Orientação Bucal, na qual as crianças aprendem a escovar os dentes e passar fio dental corretamente e ganham uma escovinha de dente.

Cem alunos, do 3º e 4º anos do Ensino Fundamental e 8 educadores participaram do projeto, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com o SESC e a Secretaria Municipal de Cultura.

O Sesc Teresópolis, através da parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, disponibiliza duas equipes para coordenar as atividades. Uma conta com biólogos e educadores ambientais que exploram com os alunos a biodiversidade da região.


As visitas escolares do Projeto Vivências de Educação Ambiental no Horto Municipal acontece  a cada dois meses.


Prevenção e combate à hipertensão arterial em Teresópolis


Centro de Saúde da Várzea - Foto: AsCom PMT

Ação de prevenção e combate à hipertensão, promovida nesta quarta (17), no Centro de Saúde da Várzea alertou sobre os cuidados com a saúde. A atividade contou com aferição de pressão arterial e orientação com cardiologista.

O diretor médico da unidade, Dr. Delfim Moreira, pontuou que mensalmente estão sendo feitas ações de prevenção relacionadas à saúde. “Na próxima sexta, 26, é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, por isso, estamos realizando esta ação para captar e orientar as pessoas que têm hipertensão, uma doença muito frequente e que, por vezes, é silenciosa. E isso pode gerar problemas para a vida da pessoa que é hipertensa e não sabe. O paciente pode ficar também com sequelas por conta de uma doença não tratada”.

A enfermeira do centro de saúde, Rachel Rodrigues, ressaltou que “a prevenção é a melhor opção porque se algum familiar tiver pressão alta, por exemplo, é bom que os outros membros dessa família busquem a prevenção, passando por consultas periódicas, praticando exercícios físicos e tendo uma alimentação saudável”.


Gildo Rocha Marques, de 64 anos, é um exemplo de quem cuida da saúde. Ele faz exames anualmente. “Faço check-up uma vez por ano e minha pressão está controlada, meus exames estão sempre bons. E se tiver algum problema vou cuidar logo para que não se agrave”, disse o eletricista.


Teresópolis já vacinou cerca de 3 mil pessoas contra a gripe


A Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza 2019 começou na última quarta-feira (10) e segue até 31 de maio. Nestes primeiros dias, Teresópolis alcançou cerca de 3 mil pessoas pertencentes aos grupos específicos, determinados pelo Ministério da Saúde.

O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, em todos os postos de saúde, unidades básicas e PSFs, da cidade e do interior do município. Em Teresópolis, o público-alvo da campanha é de 50.594 pessoas. A meta é imunizar, no mínimo, 90% desse público. O ‘Dia D’ de mobilização acontece em 4 de maio.

A imunização é voltada para crianças (de 6 meses a menos de 6 anos de idade – 5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da Saúde das redes pública e privada, gestantes, puérperas (até 45 dias pós-parto), idosos com 60 anos ou mais de idade, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, pessoas com morbidades e outras condições clínicas especiais – necessária a prescrição médica, adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas, e funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.


A escolha dos grupos, de acordo com o Ministério da Saúde, foi feita por causa da maior vulnerabilidade e segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Tomar a injeção anualmente é importante, porque a gripe pode ter consequências sérias, como pneumonia e infarto.


quarta-feira, 17 de abril de 2019

SINE Teresópolis divulga novas vagas de empregos

Vagas de empregos formais no SINE Teresópolis

A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária informa o quadro de vagas de emprego disponíveis no Sine - Teresópolis:




OBS.: Importante destacar que devido à grande procura, as vagas anunciadas podem ser preenchidas a qualquer momento, sem aviso prévio.

Vinculado à Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, o Sine funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Av. Lúcio Meira, 375/1º piso, Várzea). Para atendimento no setor do Sine, o atendimento acontece das 8h30min às 12h00 - 13h00 às 17h00. Tel.: 2641-0357.

terça-feira, 16 de abril de 2019

Ação social e de saúde movimentou o Rosário


Unifeso colaborou na ação - foto: AsCom PMT

A manhã do sábado (13/04) foi de serviços gratuitos em várias áreas. Uma ação social e de saúde, reunindo equipes de várias secretarias municipais, ofereceu diversos atendimentos aos moradores do Rosário, Perpétuo e Pimentel, dando continuidade à ‘Operação Prefeitura Presente’.

Na última quarta (10/04), o Prefeito Vinicius Claussen e secretários estiveram na Capela Nossa Senhora do Rosário, ouvindo as demandas dos moradores dos três bairros. Já no dia seguinte, teve início o atendimento das principais solicitações, principalmente as ligadas à manutenção da iluminação pública e à realização de operação tapa-buracos nas ruas e servidões.

Vacinação e testes rápidos

Equipes do posto de saúde da família do Rosário e do Pimentel, auxiliados por estudantes de medicina e de enfermagem do Unifeso (Centro Universitário Serra dos Órgãos) e do curso Centena vacinaram as pessoas do público alvo contra gripe e febre amarela. Também foram feitos testes rápidos de sífilis, HIV, hepatite B e C, com resultados liberados na hora. Verificação de pressão arterial e testes de glicemia capilar, com encaminhamento de pacientes para o posto de saúde da região, foram outros serviços oferecidos.

Mutirão de serviços

Agentes de Defesa Civil abriram solicitações de vistorias técnicas e verificaram situações de risco de moradias. Pessoal da Secretaria de Trabalho agendou atendimento para requerimento de carteira de trabalho e seguro-desemprego e para pesquisa de vagas de emprego no Sine. Reivindicações ou reclamações foram registradas pela Ouvidoria Geral, para direcionamento às secretarias responsáveis por dar as soluções. Equipe da Secretaria de Educação e de Esportes esclareceu dúvidas e ofertou brincadeiras e jogos educativos para as crianças.


No estande da Secretaria de Desenvolvimento Social, a equipe inscreveu moradores no Cadastro Único de programas sociais – como Bolsa Família, prestou esclarecimentos sobre aluguel social e fez encaminhamentos para as instituições e órgãos que compõem a rede socioassistencial no município.


Operação tapa-buracos chega ao interior de Teresópolis


Operação tapa-buracos - Foto de arquivo

Equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos deram início nesta segunda-feira, 15, a uma série de intervenções na zona rural do município. Entre as ações, destaque para a melhoria da condição do tráfego de veículos em várias estradas do 3° Distrito. O objetivo é oferecer mais segurança à população e garantir o escoamento da produção agrícola e transporte coletivo na região.

As localidades de Santa Rosa, Sebastiana, Jardim Suspiro e Albuquerque foram as beneficiadas com a operação tapa-buracos, que acontece em todas as vias com depressões e que precisam de preenchimento urgente para nivelar o piso.


As ações incluem ainda capina, roçada e limpeza nos trechos mais críticos das estradas. Com o auxílio de uma retroescavadeira, caminhão e ferramentas, como roçadeiras, pás, enxadas e vassouras, funcionários estão fazendo uma faxinaço nas estradas.


sábado, 13 de abril de 2019

Cidadãos e Prefeitura no combate ao mosquito da Dengue


Combate ao mosquito Aedes Aegypti - Foto: PMT

Funcionários das secretarias de Saúde, de Defesa Civil e de Serviços Públicos, realizaram, na manhã desta sexta-feira (12), no bairro Quinta Lebrão, em parceria com os moradores,  uma ação conjunta de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya E Zika Vírus.

O secretário de Saúde, Antônio Henrique Vasconcellos, destacou a  importância da ação de combate ao Aedes Aegypti. “Esse serviço é preventivo. Nós já identificamos alguns casos aqui no bairro e estamos trazendo ações para combater o mosquito. As ações são realizadas ao longo do ano todo, mas, com a identificação de alguns casos, estamos realizando a ação de hoje”, explicou.

Os agentes de saúde da família visitaram casas para orientar e identificar possíveis focos do Aedes Aegypti. Os servidores da Secretaria de Serviços Públicos realizaram ações de limpeza no córrego que corta o bairro e retiraram o lixo. Já a equipe de Defesa Civil mapeou toda a área para melhor identificação das residências no bairro em área de risco.

Iarlem da Silveira, morador do bairro, acompanhou e aprovou a ação. “É muito bom que aconteça esse tipo de ação para ajudar a população a se prevenir contra várias doenças que esse mosquito transmite”, disse.


José Antônio de Jesus, representante da associação de moradores da Quinta Lebrão parabenizou a Prefeitura de Teresópolis pelo trabalho que está sendo feito no bairro. “Hoje, as secretarias presentes vão poder ver de perto as necessidades do bairro. Desde a Operação Prefeitura Presente nosso bairro vem sendo lembrado e eu creio que essa é mais uma ação que vai trazer bastante melhorias para a população da Quinta Lebrão”, finalizou.


SINE cadastra currículos de Pessoas com Deficiência


A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária está solicitando que pessoas com deficiência cadastrem seus currículos no SINE Teresópolis para ampliar o banco de dados do Sistema de Empregos na cidade.

Esse banco de dados é acessado por empresas que buscam pessoas com deficiência para seus quadros funcionais, já que o município vem incentivando as empresas para o cumprimento das Leis Federais, Nºs 7853/1989 e 8213/1991, que estabelecem diretrizes de cotas de Pessoas com Deficiência no mercado de trabalho.

Desde 2018, Teresópolis vem aumentando a inserção de Pessoas com Deficiência no mercado de trabalho dentro do município. Em 2017 eram 182 contratados pelas empresas e em 2018, este número subiu para 260 funcionários admitidos. Um aumento de 43%.

O SINE funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Antigo Fórum da Várzea), Av. Lúcio Meira, 375, sala 102. Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 09 às 12h.

Documentos Necessários: Carteira de Trabalho, Identidade, CPF, documento do CID (que comprove a deficiência) e currículo.


sexta-feira, 12 de abril de 2019

Análise atualizada da água das fontes de Teresópolis

Fontes de Teresópolis - Imagem meramente ilustrativa

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado do exame microbiológico da qualidade da água, realizado nesta terça-feira (9), em 13 fontes da cidade. Pelas amostras coletadas e analisadas pelo Laboratório Bacteriológico de Análise de Água para Consumo Humano, da Secretaria Municipal de Saúde, a Fonte Taumaturgo está imprópria para consumo.

Como a água pode sofrer variações de potabilidade, devido a alterações climáticas e do ambiente do entorno onde as fontes se localizam, os usuários são orientados a sempre ferver ou filtrar e clorar a água antes de ser consumida. Sendo assim, após filtração, devem ser adicionadas duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) para cada litro de água. Depois, espera-se 30 minutos antes de utilizar. O procedimento atende a Portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre o controle e a vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

O monitoramento microbiológico da água das fontes da cidade é feito por equipe do Programa Vigiágua, setor ligado à Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde. Atendendo determinação do Ministério da Saúde, o acompanhamento é periódico, a fim de garantir que a água consumida pela população atenda ao padrão e normas estabelecidas na legislação vigente.

Resultado do exame microbiológico das águas das fontes

Fontes
Resultado
Fonte Saúde
Própria p/ consumo
Fonte Tijuca
Própria p/ consumo
Fonte Perpétuo
Própria p/ consumo
Fonte 7 tanques
Própria p/ consumo
Fonte Brahma
Própria p/ consumo
Fonte Judith
Própria p/ consumo
Fonte Taumaturgo
Imprópria p/ consumo
Fonte Amélia
Própria p/ consumo
Fonte Granja Guarani
Própria p/ consumo
Fonte Santa Ângela
Própria p/ consumo
Fonte Alexandre Fleming
Própria p/ consumo
Fonte Santa
Própria p/ consumo
Fonte São Sebastião
Própria p/ consumo


quarta-feira, 10 de abril de 2019

Unifeso auxilia na declaração do Imposto de Renda 2019


Fácil Consultoria Jr - Foto: Unifeso

A Fácil Consultoria Jr. e os cursos de Administração e de Ciências Contábeis do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) estarão, no próximo sábado, 13 de abril, das 9h às 16h, na Feirinha de Teresópolis (Alto), auxiliando a população no preenchimento e envio da declaração de Pessoas Físicas do Imposto de Renda.

Neste mês de abril, a Fácil Consultoria Empresa Jr. prestará o serviço profissionalmente, até o dia 26/04, de segunda a sexta, das 16h às 18h. Ela está situada no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza do Unifeso (Av. Alberto Torres, 111, Alto Teresópolis). Mais informações através do telefone 2641-7000 - ramais 7059/7060.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2019?

- Quem teve rendimentos no ano de 2018 acima de R$ 28.559,70;
- Teve rendimentos isentos, não tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 40 mil (FGTS, aviso prévio indenizado, rendimento de poupança, doação, herança lucro na venda de bens e direitos, indenização por acidente de trabalho;
- Teve em 31/12/2018, a propriedade ou posse de bens ou direitos, inclusive terra nua, com valor superior a R$ 300 mil;
- Passou à condição de residente do Brasil;
- Realizou alienação de bens e direitos em que foram apurados ganhos de capital sujeitos à incidência de imposto;
- Aplicou na bolsa de valores, futuros, mercadorias e assemelhados.

Documentos necessários

- Informe de rendimentos;
- Cópia da Declaração anterior;
- Recibo de compra e venda de bens;
- Escritura de compra ou venda, de imóvel ou terreno;
- Informes bancários para Imposto de Renda;
- Comprovante de pagamentos escolares;
- Recibos de consultas médicas e odontológicas;
- Pensões;
- Doações;
- Consórcios;
- Dependentes e alimentandos devem ter CPF.

Teresópolis inicia Projeto de proteção de nascentes


Marcada para domingo (14/04), uma ação socioambiental no bairro Jardim Serrano dá o pontapé inicial ao projeto piloto ‘Proteção às nascentes e comunidades produtoras de água’. Iniciativa da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e da Associação de Moradores de Quebra Frascos, o projeto tem como proposta conscientizar os moradores daquela área sobre a importância da preservação ambiental e do tratamento de esgoto e de resíduos sólidos para garantir o abastecimento de água potável.

“Teremos várias atividades e atendimentos à população, em parceria com as secretarias de Defesa Civil, Direitos da Mulher, Meio Ambiente e de Saúde. A ideia é realizar essas ações em comunidades produtoras de água e buscar soluções, como a construção de pequenas estações de tratamento de esgoto”, resumiu Marcos Jaron, secretário de Desenvolvimento Social.

São parceiros do projeto o Ministério Público do Rio de Janeiro, SESC, Parque Nacional da Serra dos Órgãos/Câmara Técnica de Educação Ambiental e as Organizações Não Governamentais (ONGs) Rede Brasilidade Solidária e Consciência Verde.

A proposta de construção de pequenas estações de tratamento de esgoto em determinadas regiões da cidade surgiu em 2005. Nessa época, estudo preliminar feito pela Fundação Getúlio Vargas, durante a elaboração do Plano Diretor de Teresópolis, apontou que sete comunidades produtoras de água poderiam ser responsáveis pelo abastecimento de 25% da Várzea. No entanto, para proteger as nascentes, seria necessário construir as estações de esgoto.

Informação:

Ação socioambiental - Projeto ‘Proteção às nascentes
e comunidades produtoras de água’

Dia: 14/04, domingo - Horário: 10h às 14h - Local: Sítio Bimini (Estrada Aberlardo da Cunha, 1.103, Jardim Serrano)


terça-feira, 9 de abril de 2019

Recuo para veículos melhora trânsito na Tijuca


Rua Prefeito Sebastião Teixeira - Foto: PMT

A Prefeitura de Teresópolis está construindo um recuo na calçada em frente ao Centro Municipal de Educação Infantil, na Rua Prefeito Sebastião Teixeira, na Tijuca. A obra tem o objetivo de melhorar o trânsito durante o período de entrada e saída dos alunos na escola e facilitar o estacionamento temporário dos veículos que atendem às crianças.

A pedido da Secretaria de Segurança Pública, a criação do espaço, com 20 metros de extensão por dois de largura, não vai prejudicar a calçada, de quatro metros de largura, e ainda vai dar maior fluidez ao trânsito.

Mais quatro unidades escolares, entre públicas e privadas, estão situadas nesta via de grande fluxo de veículos por dar acesso a vários outros bairros da cidade. A outra escola do município, Maçom Lino Oroña, já tem o recuo construindo pela Prefeitura.

Equipe com seis homens da Secretaria de Serviços Públicos, mais retroescavadeira e um caminhão, realizam a obra, que deverá ser concluída ainda esta semana.

Chocolate e artesanato no fim de semana em Teresópolis

ChocoSerra - Foto: Ascom PMT

Centenas de moradores e turistas visitaram o Festival de Chocolates de Teresópolis  neste final de semana. O evento, que voltou a ser promovido pela Prefeitura após 12 anos, foi realizado no Espaço Cultural Higino.

No mesmo final de semana aconteceu o Teresópolis Artes Manuais, no salão da Igreja de Santo Antônio. Ela faz parte da ‘Estação Chocolate’, do Calendário de Eventos da Gestão Municipal. A feira de artesanato será aberta novamente no próximo final de semana, dias 12, 13 e 14/04.

“O ChocoSerra foi muito positivo, resgatando um evento importante para nossa cidade, para os produtores de chocolate, tanto artesanais quanto lojistas. Os expositores ficaram muito satisfeitos com o retorno do evento, além da divulgação do trabalho, venderam bastante. Recebemos grupos de turistas que vieram especificamente para o ChocoSerra e o objetivo é que eles voltem na próxima edição.

A programação cultural também foi um sucesso, agradando o público, e participação dos alunos da Educação Infantil, que foi muito especial”, destacou a secretária de Cultura e de Turismo, Cléo Jordão.

Feira de Artes Manuais

Incluída no Calendário de Eventos da Gestão Municipal, a Feira de Artesanato ‘Teresópolis Artes Manuais’ reuniu, no último final de semana, 120 artesãos da cidade no salão da Igreja de Santo Antônio, no Alto. Trabalhos produzidos com as mais variadas matérias-primas: couro, linha, barbante, palha, pedrarias, tinta a óleo e muitos outros.

“Faço artesanato há 20 anos. Não vejo lixo, vejo arte. Transformo retalhos, pedaços de madeira e garrafas em novos objetos cheios de amor, carinho e beleza. Estar na feira é um prazer. Fiz amizades, divulguei meu trabalho e vendi muitas peças. É gratificante!”, comentou a artesã Anália Veloso Chaves.

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Teresópolis terá Programa de Microcrédito orientado pela AgeRIO


Convênio para implantar o Programa de Microcrédito - foto: AsCom PMT

Com o objetivo de oferecer crédito para microempreendedores e ajudar a promover o desenvolvimento econômico da cidade, a Prefeitura de Teresópolis e a Agência Estadual de Fomento (AgeRIO) firmaram convênio para implantar o Programa de Microcrédito no município. O documento foi assinado pelo Prefeito Vinicius Claussen e pela diretora operacional da Agência, Dara de Souza e Silva.

O gerente de microcrédito produtivo orientado da AgeRIO, Pedro Paulo Ferreira, explica que oferecer crédito produtivo é uma das metas da agência, que atua em diversos setores com soluções financeiras para o desenvolvimento sustentável do estado do Rio. “O microcrédito produtivo orientado é uma política pública de fomento ao microempreendedor. Com ele, os microempreendedores da Feirinha de Teresópolis, do artesanato, do turismo, da gastronomia ou de restaurantes vão ter acesso a orientação financeira e recursos em condições favoráveis de financiamento", disse Pedro Paulo Ferreira.

Entre os benefícios criados pelo convênio, estão a geração de emprego e de renda, por meio do estímulo ao empreendedorismo e a inovação, como explica o Prefeito Vinicius Claussen. “Hoje nós celebramos um convênio que vai permitir oferecer microcrédito aos expositores, aos artesãos da cidade, às pequenas empresas e aos MEIs. Além disso, vamos realizar um evento chamado ‘Rio em Ação’, onde vamos ter representantes do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento), AgeRIO, Caixa Econômica, Banco do Brasil recebendo todos os empresários, de MEI até as grandes empresas da cidade, e levando o acesso ao crédito. É muito importante abraçar os empresários, oferecer o crédito produtivo para modernizar as empresas, atrair novos empreendimentos, gerar emprego e renda e, com isso, fazer a cidade virar a página de vez“, finalizou o prefeito.

Programa de Microcrédito

Entre as diretrizes do Programa de Microcrédito no Município estão disponibilizar recursos, próprios ou captados de terceiros, para a concessão de financiamentos; fornecer orientações, regulamentos, manuais de procedimentos, modelos de documentos e demais normas necessárias à realização das operações de crédito; aprovar, em última instância, as propostas de financiamento com base nas documentações apresentadas pelo Agente de Crédito; fornecer sistema informatizado para administração, concessão e monitoramento dos financiamentos; e efetuar o acompanhamento, controle e monitoramento do programa.

Defesa Civil de Teresópolis faz demolição em área de risco


Casa desocupada e localizada em encosta - foto: PMT

Equipe da Defesa Civil de Teresópolis, auxiliada por servidores da Secretarias de Obras, demoliu nesta quarta (3), uma casa desocupada e localizada em encosta no bairro Vale da Revolta. A medida segue orientação do Ministério Público Estadual.

O referido imóvel já havia sido demarcado pelo órgão para demolição por localizar-se em área de risco de deslizamento de terra. A previsão é de que outras 20 casas, na mesma situação e com processos para a demolição em andamento, sejam derrubadas em vários bairros.

A ação preventiva de preservação de vidas foi coordenada pelo Subtenente Nascimento, Diretor Operacional da Defesa Civil. “Temos ordem do Ministério Público para proceder com a demolição dessas casas que estão vazias e demarcadas. Segundo documentação da Defesa Civil, o dono dessa casa demolida recebe aluguel social. A demolição acontece para que a casa interditada não volte a ser ocupada”, relatou Nascimento, acrescentando que o entulho será retirado para plantio de mudas e reflorestamento da área.

O presidente da Associação de Moradores do Vale da Revolta, Tadeu Florêncio, acompanhou a ação. “Sou a favor da demolição da casa que está interditada e em risco, desde que o dono receba aluguel social”, comentou.

Antes de serem demolidos, os imóveis são fotografados e medidos. O objetivo é gerar um documento para ser entregue aos proprietários, para que possam recorrer aos órgãos competentes para serem inseridos em algum programa de realocação, seja através do pagamento de aluguel social ou de inserção em programa habitacional.

Médico ajuda no estudo do DNA de cabeça de 4.000 anos


Fábio Nunes é formado pelo Unifeso - Foto: Divulgação

O mistério de descobrir a quem pertencia uma cabeça mumificada há mais de quatro mil anos foi desvendado com a colaboração do egresso do curso de Medicina, Fábio Pereira Nunes, na época médico pesquisador em Massachusetts General Hospital. Em 1915, uma cabeça decepada de múmia foi descoberta no canto de uma tumba saqueada na antiga necrópole egípcia de Deir el-Bersha e, desde então, os arqueólogos estavam intrigados com a sua identidade. O caso foi reaberto em 2000, quando representantes do Museu de Belas Artes de Boston, onde a peça ficava exposta, lançaram a missão de resolver o mistério da identidade da múmia entrando em contato com o Massachusetts General Hospital.

Foi quando Fábio, que estava trabalhando em Boston, foi convidado para ajudar na pesquisa. Tentavam procurar algum material que pudesse ajudar na diferenciação e identificação do DNA. Em 2005, o hospital realizou uma tomografia computadorizada na múmia, mas não conseguiu determinar se  era do sexo masculino ou feminino. Foi então que tiveram a ideia de retirar um dente que parecia estar inteiro.

“O interessante foi retirar uma mostra de uma múmia, que está toda coberta com tecidos, sem poder abrir essa cabeça nem tocar no material, pois do contrário causaria contaminação com outro DNA. O objetivo era manter a mostra de DNA preservada. Esse processo envolveu os departamentos de radiologia, neurocirurgia e genética do hospital, e juntos fizemos uma tomografia da cabeça da múmia, a reconstruímos em 3D e conseguimos retirar um dente entrando por debaixo do pescoço, indo por detrás da boca e mantendo-o completamente protegido”, detalhou Fábio.

Desde a extração do dente, seguido das técnicas científicas desenvolvidas pelo laboratório do FBI nos processos de análise, foram cerca de nove anos até obter o resultado. Agora, quase 100 anos depois de ser encontrada, eles podem dizer definitivamente que a cabeça era do sexo masculino e que pertencia a um governador do Egito na época. Para Fábio, a descoberta foi muito importante porque mostra aos técnicos do FBI a possibilidade que se tem em identificar o DNA de outras situações que envolvem materiais também deteriorados. A pesquisa foi publicada, em 2018, na revista Genes e ganhou destaque em veículos como “The New York Times” e a “CNN”.

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Prefeitura adquire máquinas para manutenção de vias


Duas novas máquinas foram adquiridas - Foto: AsCom PMT

Duas novas máquinas com diversas funções foram adquiridas, por processo de licitação, pela Gestão Municipal para serem usadas nas ações de melhoria da infraestrutura da cidade. Os equipamentos começam a ser utilizados esta semana em trabalhos de carregamento de materiais, varrição e capina e como fresadora de asfalto. Além desses serviços, as máquinas auxiliam na coleta de lixo.

“Em alguns lugares, as máquinas servirão para a retirada de asfalto, limpeza do trecho e posterior colocação de nova massa asfáltica. Os equipamentos têm giro de 360 graus, ou seja, giram em torno do próprio eixo, o que facilita a entrada e a saída em ruas menores, servidões e vielas, entre outros locais de difícil acesso”, explicou o secretário de Serviços Públicos, Beto Calixto.

Essas duas máquinas são as primeiras de uma série de equipamentos que serão adquiridos pela Prefeitura para melhorar os serviços de zeladoria da cidade e intensificar a recuperação da infraestrutura de Teresópolis.

Conscientização contra o bullying em Teresópolis


Mensagens contra o bullying - Foto: AsCom PMT

O idioma não impediu que alunos de turmas do 7º ano das escolas municipais Paulo Freire, no Vale do Paraíso, e Sakurá, na Ermitage, entendessem as mensagens contra o bullying e interagissem com um grupo de estudantes americanos. Teresópolis foi o município brasileiro escolhido para a turnê anual da YACS - Young Americans Christian School/Geórgia-USA - e a visita aconteceu na semana passada. Participaram da experiência a diretora da escola, seis professores e 20 estudantes entre 17 e 18 anos.

Com 31 anos de criação, a instituição faz um trabalho voluntário abordando problemas existenciais e conscientizando crianças e adolescentes contra a prática do bullying. Ou seja: agressões e intimidações persistentes, apelidos vexatórios e até a exclusão de atividades sociais ou pedagógicas. São situações enfrentadas por muitos jovens no ambiente escolar e que acabam ocasionando graves problemas psicológicos, como depressão, distúrbios, alimentares, automutilação e até tentativa de suicídio.

“Todas as visitas foram acompanhadas pela equipe do Departamento Pedagógico da Educação. Nossos alunos ficaram atentos o tempo todo e entenderam as mensagens repassadas, com o auxílio de tradutores. Eles interagiram e se identificaram com algumas experiências vividas pelos estudantes americanos”, destacou a secretária de Educação, Rosana Mendes, que acompanhou o último dia da visita, na Escola Sakurá. 

Teresópolis foi selecionada para receber a visita por indicação do teresopolitano Marlon Brito, que é psicólogo e atua no grupo americano. Ele foi aluno do Cerom e, aos 20 anos de idade, se mudou para Goiânia/GO, onde formou família. “Minha filha dá aulas de balé para crianças em vulnerabilidade social. Ela ganhou bolsa de estudos e passou um ano na YACS. Quando eu soube que eles viriam para o Brasil, sugeri minha cidade natal”, contou.

Rosana Mendes relatou que a Educação começou a identificar problemas psicológicos sofridos por alunos da rede municipal em 2018. Isso ocorreu através de relatos durante um concurso de poesia. “Na maioria das poesias, o que mais chamou atenção foi que os alunos colocaram no papel todo o sentimento reprimido, o que nos preocupou bastante. A partir daí, começamos a montar um projeto para atender esses estudantes nas demandas que eles apresentaram. E essa visita do grupo americano veio ao encontro da nossa intenção de trabalhar esses temas delicados com nossas crianças e adolescentes”.

Interação total

Temas tão delicados e sensíveis foram abordados de forma lúdica e criativa, através de dança, jogos e esquetes teatrais. Resultado: a troca de experiências foi exaltada por brasileiros e americanos. “Fomos muito bem recebidos. Tenho colocado grupos todo ano para viajar em diferentes países, e os adolescentes de Teresópolis foram os mais amigáveis e calorosos. Nós nos sentimos parte da escola”, relatou a diretora da YACS, Jan Taylor.

“Eu amei interagir com os adolescentes do Brasil, são muito animados e amigáveis. E a energia que nos transmitiram foi muito interessante”, disse a aluna Bria Smart. “Muito bom ver as crianças felizes por estarmos aqui. Mesmo sem falar a mesma língua, nos comunicamos”, acrescentou Cory Wilson. “Fiquei um pouquinho nervosa, no início, mas eles nos ajudaram muito a nos comunicar. Mas eles são maravilhosos, tivemos um excelente tempo”, concluiu a estudante americana, Mariah Sisa.


As alunas do 7º ano da Escola Sakurá, Letícia Britto e Milena Albernaz aproveitaram a experiência ao máximo. “Foi muito legal, aprendi muita coisa. Eles transmitiram respeito ao próximo, carinho”, disse Letícia. “Foi ótimo. Tem muitos passando por bullying ou por problemas em casa e eu achei legal porque eles ajudaram muito essas pessoas”, concluiu Milena.


terça-feira, 2 de abril de 2019

Prefeitura de Teresópolis reformula editais das licitações


Dando continuidade às ações do Programa Municipal de Compras Governamentais, implantado em 2018 pelo Prefeito Vinicius Claussen, a partir desta semana começam a ser publicados os editais das licitações reformulados. O documento, que atente a Lei de Licitações e a Lei do Pregão, passou a ter um visual mais moderno e um ordenamento que deixa mais claro aos empresários e gestores públicos o fluxo da licitação e etapas futuras de fornecimento.

“Além de apresentar uma chamada para cadastro de possíveis fornecedores e a divulgação do Portal de Licitações, foi adicionado um check-list com toda a documentação necessária. Sendo a própria Lei Federal 8.666/97 a base da exigência da documentação, a inclusão deste check-list busca diminuir o número de ocorrências de inabilitação de possíveis fornecedores que se esquecem de apresentar toda a documentação”, explica Lucas Guimarães, secretário Municipal de Administração.

A publicação do novo formato, na página – www.licitacao.teresopolis.rj.gov.br – começa com o edital do Pregão Presencial 017/2019. Marcado para o dia 11 de abril, o procedimento licitatório é para o registro de preços para futura aquisição de insumos para o Hemonúcleo, por um período de 12 meses.

O Programa Municipal de Compras Governamentais abrange a formação continuada dos servidores envolvidos diretamente nos procedimentos licitatórios, através de cursos presenciais e a distância, fóruns e seminários. O objetivo é facilitar o acesso dos microempreendedores individuais e empresários de pequeno e médio portes da cidade às aquisições feitas pela Prefeitura. Também engloba a transmissão ao vivo do processo de licitação, que pode ser acompanhado online pela internet, por meio do Youtube, dando mais transparência ao procedimento.

Trilha, ciclismo e zumba encerram projeto 'Esporte com elas'


Trilha até a Pedra da Tartaruga - Foto: PMT

Encerrando o projeto ‘Esportes com elas’ e as comemorações do mês da mulher, a Secretaria de Esportes e Lazer promoveu, no último final de semana, atividades esportivas no centro da cidade e na Granja Florestal.

No sábado (30 de março), o Parque Natural Municipal Montanhas de Teresópolis recebeu a presença da turma da melhor idade da Secretaria de Esportes para uma trilha até a Pedra da Tartaruga. O passeio contou com o apoio do Centro Excursionista Teresopolitano.

“É uma bênção fazer essa trilha, que nos leva a uma das vistas mais bonitas da nossa cidade. E fechando com chave de ouro a nossa programação do ‘Esporte com elas’, que marcou o mês de março e serviu também para levar atividades físicas para as mulheres de Teresópolis”, disse a subsecretária de Esportes e Lazer, Érika Marra.

A aposentada Marilza das Graças ficou encantada com o passeio. “Conseguimos fazer essa trilha com um dia maravilhoso. Uma semana toda com chuva e hoje fomos presenteados por Deus com esse dia”, comemorou.

Já no centro da cidade, no domingo (31 de março) a Praça Olímpica Luís de Camões foi palco de uma incrível aula de zumba. Já nas avenidas Lúcio Meira e Feliciano Sodré aconteceu um passeio ciclístico, encerrando as atividades.

Projeto ‘Esportes com elas’

O projeto ‘Esporte com elas’ fez parte das ações desenvolvidas pela Prefeitura de Teresópolis para marcar o mês da mulher e celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado dia 8 de março.

Foram três finais de semana com gincana esportiva, yoga, alongamento, trilha guiada, passeio ciclístico e zumba. As atividades físicas promovidas pelo projeto buscaram, além de uma melhor qualidade de vida, a conscientização do empoderamento feminino, ampliando o conhecimento das atividades esportivas para as mulheres na cidade.