quarta-feira, 10 de abril de 2019

Teresópolis inicia Projeto de proteção de nascentes


Marcada para domingo (14/04), uma ação socioambiental no bairro Jardim Serrano dá o pontapé inicial ao projeto piloto ‘Proteção às nascentes e comunidades produtoras de água’. Iniciativa da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e da Associação de Moradores de Quebra Frascos, o projeto tem como proposta conscientizar os moradores daquela área sobre a importância da preservação ambiental e do tratamento de esgoto e de resíduos sólidos para garantir o abastecimento de água potável.

“Teremos várias atividades e atendimentos à população, em parceria com as secretarias de Defesa Civil, Direitos da Mulher, Meio Ambiente e de Saúde. A ideia é realizar essas ações em comunidades produtoras de água e buscar soluções, como a construção de pequenas estações de tratamento de esgoto”, resumiu Marcos Jaron, secretário de Desenvolvimento Social.

São parceiros do projeto o Ministério Público do Rio de Janeiro, SESC, Parque Nacional da Serra dos Órgãos/Câmara Técnica de Educação Ambiental e as Organizações Não Governamentais (ONGs) Rede Brasilidade Solidária e Consciência Verde.

A proposta de construção de pequenas estações de tratamento de esgoto em determinadas regiões da cidade surgiu em 2005. Nessa época, estudo preliminar feito pela Fundação Getúlio Vargas, durante a elaboração do Plano Diretor de Teresópolis, apontou que sete comunidades produtoras de água poderiam ser responsáveis pelo abastecimento de 25% da Várzea. No entanto, para proteger as nascentes, seria necessário construir as estações de esgoto.

Informação:

Ação socioambiental - Projeto ‘Proteção às nascentes
e comunidades produtoras de água’

Dia: 14/04, domingo - Horário: 10h às 14h - Local: Sítio Bimini (Estrada Aberlardo da Cunha, 1.103, Jardim Serrano)


Nenhum comentário:

Postar um comentário