terça-feira, 27 de junho de 2017

Vestibular Agendado para o curso de Direito do Unifeso


Estão abertas as inscrições para o Vestibular Agendado para o curso de Direito do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) e dê o primeiro passo para uma carreira de sucesso. O processo seletivo é gratuito e pode ser agendado até o dia 21 de julho através do site vestibular.unifeso.edu.br ; pelo telefone (21) 2641-7057 ou presencialmente, na Central de Matrícula e Relacionamento, das 9h às 20h, no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, no Alto.

No Vestibular Agendado o candidato também pode ingressar com o resultado da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) dos anos de 2015 ou 2016, desde que a nota seja igual ou superior a 450 (quatrocentos e cinquenta) pontos.

Para a realização da redação, o candidato deverá comparecer no dia e horário previamente agendado, munido do comprovante da inscrição, cópia e original da carteira de identidade, comprovante de conclusão do Ensino Médio, em cópia, CPF e caneta esferográfica azul ou preta. O resultado deste processo será divulgado em até 72 horas, através do site, em sua área de inscrição.

Egresso tem desconto especial

O candidato já formado pelo UNIFESO e que deseja fazer outro curso superior pode optar pelo reingresso e ainda ser beneficiado com um desconto de 50% sobre o valor da mensalidade para qualquer curso, exceto Medicina.

Além do reingresso, outras formas de acesso aos cursos do UNIFESO são transferência interna, transferência externa e religamento. Todas as informações estão disponíveis no site do UNIFESO.

Tornando realidade o sonho de cursar o ensino superior

A Fundação Educacional Serra dos Órgãos (FESO), mantenedora do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), oferece o ProEnsino, um programa de bolsas de estudo reembolsáveis que o estudante contrata na medida de sua necessidade, sem juros. O edital é divulgado periodicamente no site do UNIFESO, e o contrato pode ser feito no valor de 10% até no máximo de 70% da mensalidade.

Quando termina o período do contrato o estudante começa a pagar o mesmo percentual contratado, e pelo mesmo período, sobre o valor da mensalidade vigente na ocasião. O ProEnsino não tem amortização durante o período do contrato nem juros quando da restituição: o valor devido é apenas atualizado pela mensalidade em vigor no momento do pagamento. Também não há envolvimento de instituição financeira ou intermediário, o contrato é feito diretamente pelo estudante com a FESO.

Para demonstrar as vantagens do programa, na página do ProEnsino no site do UNIFESO foi disponibilizado um simulador em que o estudante informa a mensalidade de seu curso e o percentual que deseja contratar do programa, e recebe não só uma projeção dos valores da restituição, mas também de quanto custaria o mesmo contrato em agente financeiro, o que inclui a cobrança de juros e outras taxas que o ProEnsino não tem.

Consciente de sua responsabilidade social e de seu papel de agente promotor do desenvolvimento, a FESO ainda desenvolve um programa de concessão de bolsas de estudo voltado à população carente, de acordo com a Lei nº 12.101/2009 c/c Decreto 8.242/2014.

O UNIFESO também participa dos programas do Governo Federal FIES (de financiamento estudantil) e PROUNI (de concessão de bolsas de estudo). As vagas liberadas pelo FIES e a relação dos documentos necessários estão disponíveis no site.

Informações:

Vestibular e acesso pelo ENEM: (21) 2641-7057 ou central@unifeso.edu.br 

ProEnsino e FIES: (21) 2641-7118 e beneficios@unifeso.edu.br 


PROUNI: (21) 2641-7144 e gsecd.prouni@feso.edu.br


Universitário de Medicina lança livro crítico e poético


Diego Rumboqui, estudante de Medicina do Unifeso - Foto: Unifeso

Foi através do Grupo de História da Medicina (GHM) do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) que o estudante Diego Rumboqui começou a trabalhar um talento que ele vem amadurecendo desde a adolescência. O estudante do curso de Medicina sempre gostou de escrever poesias e, através da referência do professor Daniel Pinheiro Hernandez, coordenador do GHM e do Programa de Literatura, Artes, Memória e Cinema (PLAMC) – e membro da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (SOBRAMES) – teve o seu primeiro contato com a regional do Rio de Janeiro da Sociedade para a análise dos textos, tornando-se membro estudante da SOBRAMES.

Já bem encaminhado, o estudante lançou no dia 19 de junho seu primeiro livro ‘Negro Sofá’, “um livro crítico e poético que conta atos observacionais da minha parte e de amigos”, detalhou Diego. A obra contou com a participação do professor Daniel Hernandez.

“Quando se estuda história a pessoa observa vitórias, esforços, esperanças e erros cometidos no passado. Esta experiência traz ensinamentos que levam o cidadão a respeitar pessoas, fatos e símbolos, levam à humanização enquanto profissional – no caso do GHM, enquanto médico –, além de provocar a discussão acerca da ética”, ressaltou o professor Daniel.

sábado, 24 de junho de 2017

Coleta de lixo começa na Fazenda Ermitage

Fazenda Ermitage - Imagem de arquivo

Mesmo com o recolhimento de lixo ainda precário em diversos bairros por toda a cidade, na nova comunidade da Fazenda Ermitage o recolhimento começou a ser feito nessa quinta, 23/06.

O prefeito de Teresópolis, Mario Tricano, esteve na Fazenda Ermitage, nesta quinta, 23/06, para conversar com moradores e acompanhar o primeiro dia da coleta de lixo no condomínio. O prefeito esclareceu que o município não foi comunicado oficialmente sobre a entrega dos apartamentos e ressaltou a preocupação com os serviços públicos a serem prestados aos moradores.

“Até o momento, a Prefeitura não teve o conhecimento oficial de quantas famílias estão morando aqui. Agradeço a Deus porque essas pessoas receberam os apartamentos, mas maltrataram esse povo durante seis anos. E agora, as vésperas das eleições, querem ser o salvador da Pátria. Não compareci no dia em que foram entregues as chaves porque nem o governo municipal, nem a Câmara de Vereadores sabiam da entrega das casas”, esclareceu Tricano.

Com relação ao pagamento do Aluguel Social, o prefeito afirmou que o município ainda não recebeu a lista das pessoas contempladas com a nova moradia para que o benefício seja suspenso.

Tricano informou também que toda a parte que cabia à Prefeitura, até o momento, foi prontamente realizada, como, por exemplo, o ‘Habite-se’ para as unidades, a autorização para instalação de água e a instalação de iluminação pública.

12ª Conferência de Assistência Social em julho


Publicado em Diário Oficial nesta sexta-feira, dia 23, o Decreto Municipal 4.877/2017 convoca para o dia 22 de julho a 12ª Conferência Municipal de Assistência Social. Com o tema ‘Garantia de direitos no fortalecimento do SUAS - Sistema Único de Assistência Social’, o evento vai reunir usuários, profissionais da área, representantes da sociedade civil e do poder público para avaliar e propor diretrizes visando a implementação da política do setor no município.

As inscrições serão abertas na próxima segunda-feira, dia 26, e poderão ser feitas até o dia 20 de julho, de segunda a sexta-feira, das 9h às 13h, na sede do CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social (R. Carmela Dutra, 475/sala 01, Agriões).

Os interessados em participar do evento, e que não possuem registro no CMAS, devem apresentar original e cópia dos seguintes documentos: CNPJ atualizado, com Fórum e sede no Município de Teresópolis; ata de posse da última diretoria eleita, devidamente registrada em Cartório, e ofício de representante legal indicado pela Instituição a Delegado - titular e suplente. Já os inscritos no Conselho preencherão formulário próprio de inscrição.

Serão permitidas as inscrições de até dois delegados, titular e suplente, com comprovada atuação na rede socioassistencial pública ou privada do Sistema Único de Assistência Social no Município.

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Análise atualizada da água das fontes de Teresópolis

Fontes de Teresópolis - Imagem meramente ilustrativa

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado do exame microbiológico feito no último dia 21, em 13 pontos. De acordo com as amostras coletadas e analisadas pelo Laboratório Bacteriológico de Análise de Água para Consumo Humano, da Secretaria Municipal de Saúde, as fontes Brahma, na Várzea, Perpétuo; Taumaturgo e Tijuca encontram-se impróprias para consumo.

Como a água pode sofrer variações de potabilidade, devido a alterações climáticas e do ambiente do entorno onde as fontes se localizam, os usuários são orientados a sempre ferver ou filtrar e clorar a água antes de ser consumida. Sendo assim, após filtração, devem ser adicionadas duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) para cada litro de água. Depois, espera-se 30 minutos antes de utilizar. O procedimento atende a Portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

O monitoramento microbiológico da água das fontes da cidade é feito por equipe do Programa Vigiágua, setor ligado à Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde. Atendendo determinação do Ministério da Saúde, o acompanhamento é periódico, a fim de garantir que a água consumida pela população atenda ao padrão e normas estabelecidas na legislação vigente.

Resultado do exame microbiológico das águas das fontes:

Fontes
Coliformes
Resultado
Fonte Amélia
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Alexandre Fleming
Ausência
Própria p/consumo
Fonte Brahma
Presença
Imprópria p/consumo
Fonte Fonte Santa
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Granja Guarani
Ausência
Própria p/consumo
Fonte Judith
Ausência
Própria p/consumo
Fonte Perpétuo
Presença
Imprópria p/consumo
Fonte Santa Ângela
Ausência
Própria p/consumo
Fonte São Sebastião
Ausência
Própria p/consumo
Fonte Saúde
Ausência
Própria p/consumo
Fonte Taumaturgo
Presença
Imprópria p/consumo
Fonte 7 Tanques
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Tijuca
Presença
Imprópria p/ consumo



quinta-feira, 22 de junho de 2017

Operação tapa-buracos em mais cinco bairros da cidade


Tapa-buracos na Rua Amazonas, em Araras - Foto: PMT

Para recuperar os estragos causados pelas chuvas e melhorar as condições de trafegabilidade de veículos em vias municipais, o Governo de Teresópolis atua com duas equipes da Secretaria de Serviços Públicos na operação tapa-buracos. Desde o início da semana mais de seis caminhões carregados de massa asfáltica já foram utilizados na recuperação dos calçamentos.  Além das ferramentas adequadas, retroescavadeira e rolo compressor também são utilizados na operação.

Até o momento, as ruas Cecília Meirelles, em Santa Cecília, Acre, no Barroso, e José Bandeira Viana, no Rosário, já receberam a intervenção. E nesta quarta-feira, 21, as equipes foram divididas para recuperar trechos danificados das ruas Mato Grosso e Boa Vista, no Barroso, Tietê, em Fátima, e Amazonas, em Araras, além do entorno da Praça Dom Quixote.

Morador há 20 anos da Rua Mato Grosso, o mecânico Jose Carlos da Rocha falou do beneficio da pavimentação. “É muito importante porque protege os carros e dá mais segurança não só para os motoristas, mas para quem está andando a pé pela rua também”, disse.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Professores estudam a situação socioeconômica de Teresópolis


Palestra da Prof. Roberta Amaral - Foto: Unifeso

A ‘Situação Socioeconômica e Financeira de Teresópolis’ é o tema de uma importante pesquisa que os professores Roberta Montello Amaral e Patrick Fontaine Reis de Araújo, dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, estão desenvolvendo no município de Teresópolis através do Plano de Incentivo à Extensão (PIEX) do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO).

No dia 7 de junho, durante a palestra “Vamos colocar tudo na ponta do lápis”, eles apresentaram alguns dados iniciais deste estudo que aborda as seis principais áreas da cidade: trabalho e renda, saúde, educação, segurança pública, habitação e administração pública. “Estamos fazendo uma comparação de Teresópolis com municípios que julgamos parecidos, visando com isso estabelecermos melhorias”, adiantou a professora Roberta.

A pesquisa tem a participação de dois estudantes bolsistas, Bárbara Couto e Leoni Rocha, do curso de Ciência Contábeis, e a colaboração dos professores Ana Maria Gomes de Almeida, diretora do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), Jucimar André Secchin, coordenador dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, Valéria Brites, Telma Amorim e do egresso Danilo Amaral.

“Percebemos que os gestores públicos, de uma forma geral no país, têm agido de uma maneira não muito fundamentada, o que descaracteriza as ações de uma gestão que se considera eficiente e eficaz. Por conta disso a professora Roberta apresentou um projeto do PIEX cujo objetivo é levar aos gestores públicos de Teresópolis, e principalmente à população, indicadores que digam respeito à nossa realidade”, contou a professora Ana Maria.

terça-feira, 20 de junho de 2017

Estagiários do CIEE realizam atividades no CESO


Estagiários do CIEE no CESO - Foto: Unifeso

O Centro Educacional Serra dos Órgãos (CESO) cedeu o espaço da cozinha para que integrantes do programa Jovens Aprendizes, do Centro Integrado Empresa-Escola (CIEE), realizassem algumas atividades do programa de estágio.

Os jovens estão elaborando um plano de negócio e realizaram as atividades de um dos módulos, gestão da produção, colocando a ‘mão na massa’ e produzindo receitas. “O empreendimento escolhido foi montar um food truck de hambúrgueres artesanais e entrega de quentinhas. Esta é uma das etapas do processo de administração da startup que montamos”, contou o estudante Pedro Augusto Pereira da Silva, do terceiro período do curso de Direito do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) e Jovem Aprendiz na empresa Arbor Brasil.

O UNIFESO conta com a parceria do CIEE também através do Espaço Compartilhado FESO/CIEE-RJ, situado no laboratório de gestão, no corredor do prédio Biomédicas do Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, no Alto.