quinta-feira, 18 de abril de 2019

Estudantes realizam atividades ambientais no Horto


Experiências ambientais - Foto: PMT

Alunos da Escola Municipal Belkis Frony Morgado, no bairro de São Pedro, participaram, nesta quarta (17), do ‘Projeto Vivências de Educação Ambiental’, no Horto Municipal. As crianças participaram de uma visita guiada ao Jardim Sensorial e de uma aula interativa sobre plantas medicinais.

Eles também visitaram a Carpoteca, um banco de sementes com enorme variedade de espécies; Interações com a Natureza, um passeio pelo Horto observando a flora e fauna e aprendendo sobre elas; Bichos da Mata Atlântica, uma atividade lúdica onde as crianças utilizam fantasias de bichos ameaçados de extinção e, após o lanche, a atividade de Orientação Bucal, na qual as crianças aprendem a escovar os dentes e passar fio dental corretamente e ganham uma escovinha de dente.

Cem alunos, do 3º e 4º anos do Ensino Fundamental e 8 educadores participaram do projeto, uma iniciativa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente em parceria com o SESC e a Secretaria Municipal de Cultura.

O Sesc Teresópolis, através da parceria com a Secretaria de Meio Ambiente, disponibiliza duas equipes para coordenar as atividades. Uma conta com biólogos e educadores ambientais que exploram com os alunos a biodiversidade da região.


As visitas escolares do Projeto Vivências de Educação Ambiental no Horto Municipal acontece  a cada dois meses.


Prevenção e combate à hipertensão arterial em Teresópolis


Centro de Saúde da Várzea - Foto: AsCom PMT

Ação de prevenção e combate à hipertensão, promovida nesta quarta (17), no Centro de Saúde da Várzea alertou sobre os cuidados com a saúde. A atividade contou com aferição de pressão arterial e orientação com cardiologista.

O diretor médico da unidade, Dr. Delfim Moreira, pontuou que mensalmente estão sendo feitas ações de prevenção relacionadas à saúde. “Na próxima sexta, 26, é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão, por isso, estamos realizando esta ação para captar e orientar as pessoas que têm hipertensão, uma doença muito frequente e que, por vezes, é silenciosa. E isso pode gerar problemas para a vida da pessoa que é hipertensa e não sabe. O paciente pode ficar também com sequelas por conta de uma doença não tratada”.

A enfermeira do centro de saúde, Rachel Rodrigues, ressaltou que “a prevenção é a melhor opção porque se algum familiar tiver pressão alta, por exemplo, é bom que os outros membros dessa família busquem a prevenção, passando por consultas periódicas, praticando exercícios físicos e tendo uma alimentação saudável”.


Gildo Rocha Marques, de 64 anos, é um exemplo de quem cuida da saúde. Ele faz exames anualmente. “Faço check-up uma vez por ano e minha pressão está controlada, meus exames estão sempre bons. E se tiver algum problema vou cuidar logo para que não se agrave”, disse o eletricista.


Teresópolis já vacinou cerca de 3 mil pessoas contra a gripe


A Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza 2019 começou na última quarta-feira (10) e segue até 31 de maio. Nestes primeiros dias, Teresópolis alcançou cerca de 3 mil pessoas pertencentes aos grupos específicos, determinados pelo Ministério da Saúde.

O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, em todos os postos de saúde, unidades básicas e PSFs, da cidade e do interior do município. Em Teresópolis, o público-alvo da campanha é de 50.594 pessoas. A meta é imunizar, no mínimo, 90% desse público. O ‘Dia D’ de mobilização acontece em 4 de maio.

A imunização é voltada para crianças (de 6 meses a menos de 6 anos de idade – 5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da Saúde das redes pública e privada, gestantes, puérperas (até 45 dias pós-parto), idosos com 60 anos ou mais de idade, professores de escolas públicas e privadas, povos indígenas, pessoas com morbidades e outras condições clínicas especiais – necessária a prescrição médica, adolescentes e jovens entre 12 e 21 anos sob medidas socioeducativas, e funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.


A escolha dos grupos, de acordo com o Ministério da Saúde, foi feita por causa da maior vulnerabilidade e segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Tomar a injeção anualmente é importante, porque a gripe pode ter consequências sérias, como pneumonia e infarto.


quarta-feira, 17 de abril de 2019

SINE Teresópolis divulga novas vagas de empregos

Vagas de empregos formais no SINE Teresópolis

A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária informa o quadro de vagas de emprego disponíveis no Sine - Teresópolis:




OBS.: Importante destacar que devido à grande procura, as vagas anunciadas podem ser preenchidas a qualquer momento, sem aviso prévio.

Vinculado à Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, o Sine funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Av. Lúcio Meira, 375/1º piso, Várzea). Para atendimento no setor do Sine, o atendimento acontece das 8h30min às 12h00 - 13h00 às 17h00. Tel.: 2641-0357.

terça-feira, 16 de abril de 2019

Ação social e de saúde movimentou o Rosário


Unifeso colaborou na ação - foto: AsCom PMT

A manhã do sábado (13/04) foi de serviços gratuitos em várias áreas. Uma ação social e de saúde, reunindo equipes de várias secretarias municipais, ofereceu diversos atendimentos aos moradores do Rosário, Perpétuo e Pimentel, dando continuidade à ‘Operação Prefeitura Presente’.

Na última quarta (10/04), o Prefeito Vinicius Claussen e secretários estiveram na Capela Nossa Senhora do Rosário, ouvindo as demandas dos moradores dos três bairros. Já no dia seguinte, teve início o atendimento das principais solicitações, principalmente as ligadas à manutenção da iluminação pública e à realização de operação tapa-buracos nas ruas e servidões.

Vacinação e testes rápidos

Equipes do posto de saúde da família do Rosário e do Pimentel, auxiliados por estudantes de medicina e de enfermagem do Unifeso (Centro Universitário Serra dos Órgãos) e do curso Centena vacinaram as pessoas do público alvo contra gripe e febre amarela. Também foram feitos testes rápidos de sífilis, HIV, hepatite B e C, com resultados liberados na hora. Verificação de pressão arterial e testes de glicemia capilar, com encaminhamento de pacientes para o posto de saúde da região, foram outros serviços oferecidos.

Mutirão de serviços

Agentes de Defesa Civil abriram solicitações de vistorias técnicas e verificaram situações de risco de moradias. Pessoal da Secretaria de Trabalho agendou atendimento para requerimento de carteira de trabalho e seguro-desemprego e para pesquisa de vagas de emprego no Sine. Reivindicações ou reclamações foram registradas pela Ouvidoria Geral, para direcionamento às secretarias responsáveis por dar as soluções. Equipe da Secretaria de Educação e de Esportes esclareceu dúvidas e ofertou brincadeiras e jogos educativos para as crianças.


No estande da Secretaria de Desenvolvimento Social, a equipe inscreveu moradores no Cadastro Único de programas sociais – como Bolsa Família, prestou esclarecimentos sobre aluguel social e fez encaminhamentos para as instituições e órgãos que compõem a rede socioassistencial no município.


Operação tapa-buracos chega ao interior de Teresópolis


Operação tapa-buracos - Foto de arquivo

Equipes da Secretaria Municipal de Serviços Públicos deram início nesta segunda-feira, 15, a uma série de intervenções na zona rural do município. Entre as ações, destaque para a melhoria da condição do tráfego de veículos em várias estradas do 3° Distrito. O objetivo é oferecer mais segurança à população e garantir o escoamento da produção agrícola e transporte coletivo na região.

As localidades de Santa Rosa, Sebastiana, Jardim Suspiro e Albuquerque foram as beneficiadas com a operação tapa-buracos, que acontece em todas as vias com depressões e que precisam de preenchimento urgente para nivelar o piso.


As ações incluem ainda capina, roçada e limpeza nos trechos mais críticos das estradas. Com o auxílio de uma retroescavadeira, caminhão e ferramentas, como roçadeiras, pás, enxadas e vassouras, funcionários estão fazendo uma faxinaço nas estradas.


sábado, 13 de abril de 2019

Cidadãos e Prefeitura no combate ao mosquito da Dengue


Combate ao mosquito Aedes Aegypti - Foto: PMT

Funcionários das secretarias de Saúde, de Defesa Civil e de Serviços Públicos, realizaram, na manhã desta sexta-feira (12), no bairro Quinta Lebrão, em parceria com os moradores,  uma ação conjunta de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue, Chikungunya E Zika Vírus.

O secretário de Saúde, Antônio Henrique Vasconcellos, destacou a  importância da ação de combate ao Aedes Aegypti. “Esse serviço é preventivo. Nós já identificamos alguns casos aqui no bairro e estamos trazendo ações para combater o mosquito. As ações são realizadas ao longo do ano todo, mas, com a identificação de alguns casos, estamos realizando a ação de hoje”, explicou.

Os agentes de saúde da família visitaram casas para orientar e identificar possíveis focos do Aedes Aegypti. Os servidores da Secretaria de Serviços Públicos realizaram ações de limpeza no córrego que corta o bairro e retiraram o lixo. Já a equipe de Defesa Civil mapeou toda a área para melhor identificação das residências no bairro em área de risco.

Iarlem da Silveira, morador do bairro, acompanhou e aprovou a ação. “É muito bom que aconteça esse tipo de ação para ajudar a população a se prevenir contra várias doenças que esse mosquito transmite”, disse.


José Antônio de Jesus, representante da associação de moradores da Quinta Lebrão parabenizou a Prefeitura de Teresópolis pelo trabalho que está sendo feito no bairro. “Hoje, as secretarias presentes vão poder ver de perto as necessidades do bairro. Desde a Operação Prefeitura Presente nosso bairro vem sendo lembrado e eu creio que essa é mais uma ação que vai trazer bastante melhorias para a população da Quinta Lebrão”, finalizou.


SINE cadastra currículos de Pessoas com Deficiência


A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária está solicitando que pessoas com deficiência cadastrem seus currículos no SINE Teresópolis para ampliar o banco de dados do Sistema de Empregos na cidade.

Esse banco de dados é acessado por empresas que buscam pessoas com deficiência para seus quadros funcionais, já que o município vem incentivando as empresas para o cumprimento das Leis Federais, Nºs 7853/1989 e 8213/1991, que estabelecem diretrizes de cotas de Pessoas com Deficiência no mercado de trabalho.

Desde 2018, Teresópolis vem aumentando a inserção de Pessoas com Deficiência no mercado de trabalho dentro do município. Em 2017 eram 182 contratados pelas empresas e em 2018, este número subiu para 260 funcionários admitidos. Um aumento de 43%.

O SINE funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Antigo Fórum da Várzea), Av. Lúcio Meira, 375, sala 102. Funcionamento: segunda a sexta-feira, das 09 às 12h.

Documentos Necessários: Carteira de Trabalho, Identidade, CPF, documento do CID (que comprove a deficiência) e currículo.


sexta-feira, 12 de abril de 2019

Análise atualizada da água das fontes de Teresópolis

Fontes de Teresópolis - Imagem meramente ilustrativa

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado do exame microbiológico da qualidade da água, realizado nesta terça-feira (9), em 13 fontes da cidade. Pelas amostras coletadas e analisadas pelo Laboratório Bacteriológico de Análise de Água para Consumo Humano, da Secretaria Municipal de Saúde, a Fonte Taumaturgo está imprópria para consumo.

Como a água pode sofrer variações de potabilidade, devido a alterações climáticas e do ambiente do entorno onde as fontes se localizam, os usuários são orientados a sempre ferver ou filtrar e clorar a água antes de ser consumida. Sendo assim, após filtração, devem ser adicionadas duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) para cada litro de água. Depois, espera-se 30 minutos antes de utilizar. O procedimento atende a Portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre o controle e a vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

O monitoramento microbiológico da água das fontes da cidade é feito por equipe do Programa Vigiágua, setor ligado à Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde. Atendendo determinação do Ministério da Saúde, o acompanhamento é periódico, a fim de garantir que a água consumida pela população atenda ao padrão e normas estabelecidas na legislação vigente.

Resultado do exame microbiológico das águas das fontes

Fontes
Resultado
Fonte Saúde
Própria p/ consumo
Fonte Tijuca
Própria p/ consumo
Fonte Perpétuo
Própria p/ consumo
Fonte 7 tanques
Própria p/ consumo
Fonte Brahma
Própria p/ consumo
Fonte Judith
Própria p/ consumo
Fonte Taumaturgo
Imprópria p/ consumo
Fonte Amélia
Própria p/ consumo
Fonte Granja Guarani
Própria p/ consumo
Fonte Santa Ângela
Própria p/ consumo
Fonte Alexandre Fleming
Própria p/ consumo
Fonte Santa
Própria p/ consumo
Fonte São Sebastião
Própria p/ consumo


quarta-feira, 10 de abril de 2019

Unifeso auxilia na declaração do Imposto de Renda 2019


Fácil Consultoria Jr - Foto: Unifeso

A Fácil Consultoria Jr. e os cursos de Administração e de Ciências Contábeis do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) estarão, no próximo sábado, 13 de abril, das 9h às 16h, na Feirinha de Teresópolis (Alto), auxiliando a população no preenchimento e envio da declaração de Pessoas Físicas do Imposto de Renda.

Neste mês de abril, a Fácil Consultoria Empresa Jr. prestará o serviço profissionalmente, até o dia 26/04, de segunda a sexta, das 16h às 18h. Ela está situada no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza do Unifeso (Av. Alberto Torres, 111, Alto Teresópolis). Mais informações através do telefone 2641-7000 - ramais 7059/7060.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2019?

- Quem teve rendimentos no ano de 2018 acima de R$ 28.559,70;
- Teve rendimentos isentos, não tributados exclusivamente na fonte cuja soma foi superior a R$ 40 mil (FGTS, aviso prévio indenizado, rendimento de poupança, doação, herança lucro na venda de bens e direitos, indenização por acidente de trabalho;
- Teve em 31/12/2018, a propriedade ou posse de bens ou direitos, inclusive terra nua, com valor superior a R$ 300 mil;
- Passou à condição de residente do Brasil;
- Realizou alienação de bens e direitos em que foram apurados ganhos de capital sujeitos à incidência de imposto;
- Aplicou na bolsa de valores, futuros, mercadorias e assemelhados.

Documentos necessários

- Informe de rendimentos;
- Cópia da Declaração anterior;
- Recibo de compra e venda de bens;
- Escritura de compra ou venda, de imóvel ou terreno;
- Informes bancários para Imposto de Renda;
- Comprovante de pagamentos escolares;
- Recibos de consultas médicas e odontológicas;
- Pensões;
- Doações;
- Consórcios;
- Dependentes e alimentandos devem ter CPF.

Teresópolis inicia Projeto de proteção de nascentes


Marcada para domingo (14/04), uma ação socioambiental no bairro Jardim Serrano dá o pontapé inicial ao projeto piloto ‘Proteção às nascentes e comunidades produtoras de água’. Iniciativa da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, e da Associação de Moradores de Quebra Frascos, o projeto tem como proposta conscientizar os moradores daquela área sobre a importância da preservação ambiental e do tratamento de esgoto e de resíduos sólidos para garantir o abastecimento de água potável.

“Teremos várias atividades e atendimentos à população, em parceria com as secretarias de Defesa Civil, Direitos da Mulher, Meio Ambiente e de Saúde. A ideia é realizar essas ações em comunidades produtoras de água e buscar soluções, como a construção de pequenas estações de tratamento de esgoto”, resumiu Marcos Jaron, secretário de Desenvolvimento Social.

São parceiros do projeto o Ministério Público do Rio de Janeiro, SESC, Parque Nacional da Serra dos Órgãos/Câmara Técnica de Educação Ambiental e as Organizações Não Governamentais (ONGs) Rede Brasilidade Solidária e Consciência Verde.

A proposta de construção de pequenas estações de tratamento de esgoto em determinadas regiões da cidade surgiu em 2005. Nessa época, estudo preliminar feito pela Fundação Getúlio Vargas, durante a elaboração do Plano Diretor de Teresópolis, apontou que sete comunidades produtoras de água poderiam ser responsáveis pelo abastecimento de 25% da Várzea. No entanto, para proteger as nascentes, seria necessário construir as estações de esgoto.

Informação:

Ação socioambiental - Projeto ‘Proteção às nascentes
e comunidades produtoras de água’

Dia: 14/04, domingo - Horário: 10h às 14h - Local: Sítio Bimini (Estrada Aberlardo da Cunha, 1.103, Jardim Serrano)