sábado, 23 de junho de 2018

Curso de Extensão em Tecnologia Cervejeira oferecido em Teresópolis


Curso de Extensão em Tecnologia Cervejeira - foto: Divulgação

Com início previsto para os dias 11 e 12 de agosto, estão abertas as inscrições para o Curso de Extensão em Tecnologia Cervejeira. As aulas serão ministradas aos fins de semana (uma vez por mês), no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), no Alto, e na Fábrica Cervejaria Daserra, no Bom Retiro.

Com um conteúdo muito abrangente, o curso vai tratar de assuntos como “Escolas cervejeiras”, “Visitação à Fábrica Cervejaria Daserra”, “Matemática aplicada” e “Química/Biologia (aplicada)”, “Malte e Malteação”, “Produção de mosto”,  “Fermentação/maturação”, “Filtração da cerveja, envase e past”, “Controle de qualidade”, Elaboração de uma receita (Cálculo industrial)”, entre outros. A carga horária é de 56 horas, dividida em dois módulos, que também podem ser feitos separadamente.

“É uma nova oferta que o UNIFESO está trazendo de um curso bem completo, que capacita o aluno tanto para que ele aprenda a fazer a própria cerveja, criando a sua receita, quanto para trabalhar no mercado cervejeiro, que está em alta no momento’, adiantou Michelle Bronstein, coordenadora dos cursos de extensão do UNIFESO.

“A cultura cervejeira vem crescendo muito para o lado artesanal e caseiro. Isso porque, com um conhecimento básico, até em casa a pessoa pode fazer a própria cerveja, como um hobby, por exemplo. No entanto, é uma grande oportunidade profissional também, pois hoje há uma necessidade cada vez maior das empresas em ter profissionais capacitados. Para os empreendedores, é interessante para gerir uma empresa do ramo de forma mais aprofundada”, observou o professor Luciano Vilela Guerra, que compõe a comissão organizadora do curso junto aos professores Bruno Cenci Antunes e Michael Walter Trommer, especialistas no assunto com vasta experiência no Brasil e no exterior.

Pais conhecem o Unifeso durante a prova do Vestibular dos filhos


Pais e familiares dos futuros universitários - foto: Unifeso

Enquanto os candidatos ao curso de Medicina se concentravam na prova, pais e familiares vislumbravam os cenários de prática e a metodologia de ensino do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO). Assim foi o dia do Vestibular de Medicina 2018.2, aplicado em 16 de junho, no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, no Alto.

O processo que seleciona os futuros acadêmicos de um dos cursos mais bem conceituados e tradicionais da área médica no país, traz à Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro vestibulandos de diversas regiões do país, todos em busca da tão sonhada formação em Medicina.

Para acolher os pais e acompanhantes dos candidatos, o UNIFESO prepara uma recepção especial para este dia tão importante, com direito a café da manhã, conversa com professores e dirigentes da Instituição sobre a metodologia de ensino aplicada, o Aprendizado Baseado em Problemas (Problem-Based Learning, o PBL), e a grande novidade desta edição: o tour pelos principais espaços de ensino-aprendizagem da Medicina, como o Centro Médico, o Hospital das Clínicas de Teresópolis Costantino Ottaviano (HCTCO), bibliotecas, tutorias e laboratórios.

A médica Amanda Schwambach, recém-formada por uma universidade do Espírito Santo que utiliza o mesmo método do UNIFESO, o PBL, se demostrou encantada pelos espaços da Instituição e reforçou, entre os outros pais, a importância da formação mais humanizada do profissional da Saúde. “Confesso que no início da minha graduação fiquei um pouco assustada com este método, mas logo vi que realmente esse é o método do futuro, e dessa forma o estudante passa a ter mais empatia pelos pacientes que vai atender. Notei aqui no UNIFESO que a infraestrutura das unidades que compõem os cenários de prática do curso é muito boa e conta ainda com funcionários bem preparados. Isso é o que todo acadêmico espera para se ter uma boa formação médica, tendo a oportunidade de vivenciar o que encontrar futuramente na profissão”, avaliou a médica, que veio com os pais acompanhar o irmão vestibulando.

A indicação de profissionais renomados formados em Teresópolis foi o que motivou a estudante Larissa Pereira, de Salvador (BA), tentar uma vaga no UNIFESO. “Tive a informação de que aqui é um lugar muito bom para se morar e que tem uma infraestrutura de centro universitário muito boa. Agora que conheci pessoalmente, estou amando e desejo muito passar na prova”, revelou a jovem.

Resultados da prova

Quem fez a prova do processo seletivo do curso de Medicina para o ingresso neste segundo semestre de 2018 pode conferir o resultado final no dia 27 de junho, a partir das 12h, através do e-mail, que será enviado individualmente, ou na listagem oficial, afixada no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, no Alto.


Os classificados devem ficar atentos às datas, pois deverão se matricular, apresentando toda a documentação exigida, dentro das normas e prazo estipulados. A matrícula será no dia 3 de julho, das 9h às 11h30 (da 1ª até a 36ª classificação) e das 13h às 16h (da 37ª a 72ª classificação). Mais informações no edital, disponível no site: http://www.unifeso.edu.br/graduacao/documentos/med/vestibular-edital-2018-2.pdf 




sexta-feira, 22 de junho de 2018

Análise da água das fontes da cidade


A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado do exame microbiológico feito no último dia 20, em 12 pontos. De acordo com as amostras coletadas e analisadas pelo Laboratório Bacteriológico de Análise de Água para Consumo Humano, da Secretaria Municipal de Saúde.

Como a água pode sofrer variações de potabilidade, devido a alterações climáticas e do ambiente do entorno onde as fontes se localizam, os usuários são orientados a sempre ferver ou filtrar e clorar a água antes de ser consumida. Sendo assim, após filtração, devem ser adicionadas duas gotas de hipoclorito de sódio a 2,5% (água sanitária) para cada litro de água. Depois, espera-se 30 minutos antes de utilizar. O procedimento atende a Portaria 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade.

O monitoramento microbiológico da água das fontes da cidade é feito por equipe do Programa Vigiágua, setor ligado à Divisão de Vigilância Ambiental da Secretaria de Saúde. Atendendo determinação do Ministério da Saúde, o acompanhamento é periódico, a fim de garantir que a água consumida pela população atenda ao padrão e normas estabelecidas na legislação vigente.

Resultado do exame microbiológico das águas das fontes:

Fontes
Coliformes
Resultado
Fonte Saúde
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Tijuca
Presença
Imprópria p/ consumo
Fonte Perpétuo
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte 7 tanques
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Brahma
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Judith
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Taumaturgo
Presença
Imprópria p/ consumo
Fonte Amélia
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Granja Guarani
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Santa Ângela
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte Alexandre Fleming
Ausência
Própria p/ consumo
Fonte São Sebastião
Ausência
Própria p/ consumo


quarta-feira, 20 de junho de 2018

Curso gratuito de percussão na Casa de Cultura


Oficina de percussão - Imagem ilustrativa

Já podem ser feitas na Casa de Cultura Adolpho Bloch (Praça Juscelino Kubitschek, em Araras) as inscrições para a oficina de percussão. O curso gratuito será realizado toda segunda-feira, a partir do dia 25 de junho, das 10h às 11h, e a idade mínima dos interessados é 8 anos.

Para se inscrever, é preciso apresentar uma foto 3x4 atual e cópia dos seguintes documentos: carteira de identidade – se o aluno for menor de idade, cópia do documento de identificação do responsável; comprovante de residência e declaração escolar – caso o aluno seja menor de idade.

As inscrições são feitas na Casa de Cultura, com atendimento de segunda a sexta, das 9h às 18h.

Revistas do UNIFESO entram na lista do Qualis


A Editora UNIFESO, do Centro Universitário Serra dos Órgãos, comemora a estratificação de duas revistas no Qualis no quadriênio 2013-2016: a “Revista UNIFESO - Humanas e Sociais”, vinculada ao Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), com B4 nas áreas de Educação, Administração e Ciências Contábeis; e C em Direito; e a “Revista de Ciência, Tecnologia e Inovação”, vinculada ao Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), com B5 na área de Engenharias III. Ambas já constam na lista de veículos classificados no sistema Qualis Periódicos da fundação Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

Revista UNIFESO - Humanas e Sociais

Foi em 2014 que o UNIFESO deu os seus primeiros passos na área da publicação de periódicos eletrônicos, com o lançamento da Revista UNIFESO - Humanas e Sociais, que inaugurou o Portal de Revistas Eletrônicas. O CCHS abraçou o desafio de ter uma revista que englobasse todas as suas áreas, que são Administração, Ciências Contábeis, Direito e Pedagogia, o que tornou o processo ainda mais complexo porque cada uma dessas áreas têm uma exigência diferenciada no Qualis. “Isso se deve aos número de publicações para cada área específica. Para alcançar a qualificação, analisamos todas as exigências da Capes e traçamos alguns critérios, como não ser da Instituição e ter uma parcela de autores de fora do estado e até de fora do país”, contou a professora Ana Maria Gomes de Almeida, diretora do Centro de Ciências Humanas e Sociais. Um esforço muito válido que hoje atribui valor para o UNIFESO. “Alguns artigos da nossa revista estão sendo objeto de referência para outros autores, o que traz uma maior visibilidade e reconhecimento. E agora com o Qualis, já  temos diversos autores que nos procuram para publicarem seus artigos”, comemorou a professora na Maria.

"Considerando que o Qualis é um sistema que reflete a importância e qualidade dos periódicos, é motivo de muito orgulho a conquista da estratificação B4 já no primeiro triênio de existência de nossa revista, o que demonstra a dedicação e competência de todos os membros da equipe editorial”, considerou o professor Leonardo Figueiredo Barbosa, coordenador do curso de Direito que contribuiu como editor da Revista UNIFESO - Humanas e Sociais, em seu processo inicial.

Revista de Ciência, Tecnologia e Inovação

A Revista de Ciência, Tecnologia e Inovação é ainda mais recente, tendo sido lançada em 2016 e já conta com três edições. “A qualificação obtida pela revista, recentemente lançada, comprova sua qualidade, potencial e relevância para divulgação de trabalhos na área de Ciência,Tecnologia e Inovação. Exalto a contribuição para obtenção deste conceito da equipe editorial, pareceristas, autores e leitores e agora temos um novo desafio, que é o crescimento da revista no conceito Qualis. O conceito obtido chancela o trabalho de todos os envolvidos rumo a consolidação da revista no cenário nacional”, observou a professora Vivian Telles Paim, diretora do Centro de Ciência e Tecnologia (CCT), ressaltando que a revista possui periodicidade semestral e contempla seções de Iniciação Científica, Notas Técnicas, Artigos e Divulgação Científica, possibilitando o encaminhamento de uma diversidade de trabalhos nas mais diversas áreas da Ciência e da Tecnologia.

Entenda o Qualis

O professor João Cardoso de Castro, assessor da Editora UNIFESO na Direção de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão (DPPE) explica que o Qualis é um sistema nacional de avaliação de periódicos (revistas), sob a tutela da Capes. Através de um sistema próprio de análise tem a função de classificar os veículos utilizados para a divulgação da produção acadêmica de programas de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado). “No site da Capes, o Qualis é descrito como 'o conjunto de procedimentos utilizados pela Capes para estratificação da qualidade da produção intelectual dos programas de pós-graduação”, estabelecendo critérios para avaliação de periódicos e, pode-se dizer, que a qualidade de um artigo é avaliada a partir da qualidade do veículo de divulgação na qual ele foi publicado”, explicou o professor.


A Editora UNIFESO foi criada com o objetivo de garantir a editoração, publicação e difusão da produção acadêmica institucionalizada, realizada a partir das atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas no âmbito dos cursos de graduação e pós-graduação e das unidades assistenciais e administrativas do UNIFESO. “Hoje, nosso Portal de Revistas Eletrônicas já conta com sete periódicos das mais variadas áreas de conhecimento, como Medicina e Direito, por exemplo”, observou o professor João Cardoso. Os interessados podem acessar o conteúdo dos periódicos através do site www.unifeso.edu.br/editora

terça-feira, 19 de junho de 2018

Expediente na Prefeitura em dias de jogos do Brasil


A Prefeitura de Teresópolis informa o expediente nas repartições públicas municipais do município para os dias 22 e 27 de junho, em virtude dos jogos do Brasil na Copa do Mundo:

Brasil x Costa Rica, na sexta-feira, 22 – funcionamento das 13h às 18h;

Brasil x Sérvia, na quarta-feira, 27 – das 9h às 13h.

Entretanto, fica garantida a prestação dos serviços essenciais para a população, como coleta de lixo, emergência médica e informações ao turista.

CONSULTAS MÉDICAS – Os PSFs e unidades básicas de saúde vão funcionar conforme as demais repartições públicas: dia 22/06, de 13h às 18, e no dia 27/06, de 9h às 13.

URGÊNCIA E EMERGÊNCIA – Para atendimento médico de urgência, a Unidade de Saúde Dr. Eitel Haje, no bairro de São Pedro, e o Serviço de Pronto Atendimento, em Bonsucesso, funcionam em regime de plantão 24h.

A UPA 24 Horas, instalada na Rua Tenente Luiz Meirelles, no Bom Retiro, funciona normalmente, dia e noite, para atender os casos de urgência e de emergência de baixa e média complexidade.

ESCOLAS E CRECHES – Nas escolas, o expediente será por turno: no dia 22 (sexta-feira) abrirão somente no turno da tarde, a partir das 13h; e na quarta, 27, as aulas acontecerão somente no turno da manhã. Nas creches, como as crianças ficam em horário integral, será feito da seguinte forma: No dia 22, entrada às 13h, e no dia 27, saída às 12h.

ATENDIMENTO AO TURISTA – O Centro de Informação ao Turista, no Soberbo, funcionará normalmente, das 8h às 18h.

sábado, 16 de junho de 2018

Sine Teresópolis divulga lista de documentos encontrados

Uma lista com 42 documentos perdidos e localizados, e que se encontram no posto do SINE Teresópolis, está sendo divulgada pela Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária. Entre eles, carteiras de trabalho e de identidade, CPF, título eleitoral, cartão do cidadão, entre outros. 

“Os documentos serão entregues mediante a apresentação de outros documentos que comprovem a identidade dos seus titulares”, orienta Cleiton C. Pimentel, diretor do Departamento de Coordenação do Trabalho.

O SINE funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas, na Avenida Lúcio Meira, 375/1º andar, na Várzea (antigo Fórum). O atendimento ao público acontece de segunda a sexta, das 8h às 17h.

Confira a relação:

Documento
Obs.
Carteira de Trabalho
Irineu de Lima
Carteira de Trabalho
Marcia do Carmo Pereira
Carteira de Trabalho
Patricia Rego da Silva
Carteira de Trabalho
Estefánia Ferreira da Silva
Carteira de Trabalho
Ursula da Silva Pereira
Carteira de Trabalho
Daniele Ferreira Papae
Carteira de Trabalho
Mauricio Moreira Sardinha
Carteira de Trabalho
Elisabeth Queiroz Pereira
Carteira de Trabalho
Alana Almeida Cardoso
Carteira de Trabalho
Michel Rodrigues de Mello
Carteira de Trabalho
Marinaldo Vieira da Silva
Carteira de Trabalho
Adriano da Conceição Silva
Carteira de Trabalho
Josiany da Cunha Vidal
Carteira de Trabalho
Vânia Efegenio Pereira
Carteira de Trabalho
Marco Aurelio Dutra Rabello
Carteira de Trabalho
Luiz Sebastião Caetano
Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo
Liliane Alves da Silva – LPQ-6760
CPF
William Jose Gomes da Silva
CPF
Rafaela Silva Damião
CPF
Jonas Correa da Silva
CPF
João Paulo Ribeiro de Oliveira
CPF
Paloma Simões
Carteira de Identidade
Wanderson Gaspar da Silva
Carteira de Identidade
Maurício de Oliveira Silveira
Carteira de Identidade
Alexandre Lazaro dos Santos
Carteira de Identidade
Pâmela Ferreira dos Santos
Carteira de Identidade
Maria Marcilene de Freitas da Silva
Carteira de Identidade
Davi Rodrigues de Araujo Silva
Carteira de Identidade
Manoel C. Souza Maia (só a frente)
Termo de Rescisão Contrato de Trabalho
Mario Barbosa Pinheiro
Certificado de Dispensa de Incorporação
Fábio Rocha
Título Eleitoral
0367.0909.0337
Marta das Graças de Souza Boaventura
Comprovante de Cadastramento (NIT)
Hiago Rezende dos Santos
Cartão de Cidadão
Augusto Horta Gulineli
Cartão de Cidadão
Claudia Mendes de Oliveira
Cartão de Cidadão
Fernando de Oliveira Santos
Cartão de Cidadão
Renata Pimentel da Costa
Cartão de Cidadão
Fabiano Pereira Rios
Cartão de Cidadão
Julio Cezar Portilho Duarte
Cartão Programa Bolsa Família
Zilanda de Paula Oliveira
Cartão Programa Bolsa Família
Geni de Oliveira Silva
Cartão Programa Bolsa Família
Valeria Mendes dos Santos

Universitários compartilham pesquisas em Congresso Internacional


13º Congresso Internacional da Rede Unida - Foto: Unifeso

Os estudantes Weslley dos Passos Veríssimo, Tayná Lívia do Nascimento, Luiz Gustavo Erthal Nogueira, Eduardo Felipe Barbosa de Oliveira, Sarah Braga Delgado e Nátali Vidal Rocha, junto com a egressa do mesmo curso Amanda Cruz Amaral e os professores Claudia Cristina Dias Granito Marques e Antonio Henrique Vasconcellos da Rosa, todos do curso de Enfermagem do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), vivenciaram as experiências do 13º Congresso Internacional da Rede Unida, que aconteceu de 30 de maio a 02 de junho, na Universidade Federal do Amazonas, em Manaus (AM), que teve como tema central “Faz escuro, mas cantamos: redes em re-existência nos encontros das águas”.

Enfermagem do UNIFESO apresenta trabalhos

Os estudantes Weslley e Tayná tiveram seis trabalhos aprovados para o evento, sendo que Tayná apresentou um recorte do seu Projeto de Conclusão de Curso, intitulado “Relato de experiência sobre o corpo do professor de Enfermagem no cenário tutorial”.

Entre os trabalhos apresentados, Wesley destacou “Educação em Saúde: o Papel do Enfermeiro como Educador em Saúde no Cenário de IETC”, que faz parte do Plano de Iniciação Científica e Pesquisa (PICPq) do UNIFESO, no período de 2016-2017, sob a orientação das professoras Joelma de Rezende Fernandes e Viviane da Costa Freitas Silva. “Foi um trabalho de pesquisa de campo, que teve com objetivo principal dar ênfase na atuação do enfermeiro como educador em saúde dentro do cenário escolar, onde foi feita pesquisa em grupo focal com 10 participantes cada, todos calouros do curso de Enfermagem que estavam inseridos nas escolas municipais de Teresópolis”, contou Wesley.

Outro tema apresentado pelo estudante foi “A Linha de Cuidado como Instrumento Pedagógico para Formação de Enfermeiros para o Sistema Único de Saúde”, um relato de experiência sobre a importância da Linha de Cuidado, sendo descritas por três estudantes as habilidades e competências que são desenvolvidas durante a formação, tendo como intuito atender às diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), garantido a formação de profissionais comprometidos e resolutivos, durante o caminhar na rede”, enfatizou Wesley.

Conhecendo culturas

De acordo com Wesley, o mais marcante no evento foi uma visita à Aldeia Indígena Sahu-Apé. “Fomos recepcionados pelo Pajé  que nos contou um pouco da cultura, rituais, estilo de vida, levando-nos à farmácia da aldeia, explicando como funciona os costumes indígenas e como era feito as terapêuticas tradicionais de cura com a utilização de cascas de árvores, plantas e sementes. Foi passado também como era a crença, no que eles acreditam e como funciona a parte espiritual”, detalhou o estudante, que também participou da criação da primeira Associação de Parteiras da Amazonas, quando elas relataram suas experiências.

SINE Teresópolis divulga novas vagas de empregos

Vagas de empregos formais no SINE Teresópolis

A Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Economia Solidária informa o quadro de vagas de emprego disponíveis no Sine - Teresópolis:

- 04 vagas de atendente de lanchonete;
- 04 vagas de auxiliar de linha de produção;
- 04 vagas de auxiliar de caminhão;
- 01 vaga de carregador de caminhão;
- 01 vaga de cuidador de idosos;
- 04 vagas de embalador a mão;
- 01 vaga de manicure;
- 03 vagas de promotor de vendas.

Vinculado à Secretaria de Trabalho, Emprego e Economia Solidária, o Sine funciona no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Av. Lúcio Meira, 375/1º piso, Várzea). O atendimento ao público acontece de segunda a sexta, das 8h às 17h.

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Vacinação contra a gripe é prorrogada e vai até o dia 22/06


Vacina contra a gripe - Foto de arquivo: Roberto Ferreira 

O Ministério da Saúde anunciou, na tarde da quarta, 13/06, que a campanha de vacinação contra a gripe, que teve início em 23 de abril, terá continuidade até 22 de junho.

O governo decidiu prorrogar novamente a campanha (a imunização já havia sido prorrogada anteriormente, até o dia 15) devido ao baixo índice de comparecimento em todo o Brasil, sendo a região Sudeste a que possui a menor cobertura até agora, com 71% do público prioritário protegido.

A campanha é voltada para idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a 5 anos, trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, gestantes e mulheres que tenham tido filhos há 45 dias, bem como pessoas portadoras de doenças crônicas (comorbidades, com indicação clínica especial, ou seja, com declaração médica autorizando a aplicação da vacina).

Em Teresópolis, o público-alvo no município é de 47.963 pessoas, sendo que a meta é vacinar, no mínimo, 90% desses moradores. De acordo com balanço da Secretaria Municipal de Saúde, até o momento, foram imunizadas 27.500 pessoas dos grupos prioritários, mais 5.350 do grupo de comorbidades.

A partir do dia 25 de junho, poderão ser vacinados outros grupos etários, como crianças de 5 a 9 anos e adultos de 50 a 59. A vacinação desse público dependerá da disponibilidade das doses nos municípios.

Para se imunizar, é importante levar a caderneta de vacinação ou algum comprovante da situação vacinal à unidade de saúde. Os postos funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Universidade do Chile propõe parcerias ao Unifeso


O chileno Cristián Huerta recebido no Unifeso - foto: Unifeso

O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) recebeu a visita do chileno Cristián Huerta representando a Universidade do Chile, a mais antiga e de grande referência naquele país. A oportunidade surgiu a partir do convite da professora Michelle Bronstein, docente nos cursos do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) e coordenadora de Extensão no UNIFESO.

A professora Michelle foi coorientadora da dissertação de mestrado à distância de Cristián e tornou-se pioneira na experiência da instituição chilena em ter uma professora de fora do país orientando uma tese. Foi a partir deste contato que surgiu a possibilidade de se estabelecer um convênio com o UNIFESO, visando novas experiências do tipo e parcerias para estudantes estrangeiros.

Para amadurecer a ideia, o encontro de Cristián com dirigentes e coordenadores de curso do UNIFESO, em uma apresentação mais detalhada da Universidade do Chile, foi fundamental. “Vim visitar o UNIFESO como um colaborador, com o principal objetivo de apresentar como foi desenvolvido o meu trabalho junto à professora Michelle, transmitindo a experiência que tivemos e cogitando possibilidades de desenvolvermos outros trabalhos conjuntos, em instâncias colaborativas, como, por exemplo, intercâmbios acadêmicos futuros entre o UNIFESO e o Departamento de Engenharia Industrial”, afirmou Cristián, que trabalha na instituição e é ex-aluno do Programa de Mestrado da Universidade do Chile, do Departamento de Engenharia Industrial.

Ele avaliou que “a visita ao UNIFESO superou muito as minhas expectativas. Pude expor o meu trabalho a outros professores e fui muito bem recebido, o que culminou em outras reuniões para validar a possibilidade de repetirmos esta experiência com outros acadêmicos em futuras alianças colaborativas”. Ainda de acordo com ele, ao compartilhar as informações e a visão que teve do UNIFESO a diretores da Universidade do Chile, os mesmos ficaram muito contentes com as possibilidades que se abriram a partir deste primeiro contato.

A professora Michelle e o chileno Cristián se conheceram em um evento internacional da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em que cada um foi apresentar pesquisas que estavam trabalhando na época.

“Percebemos então a possibilidade de realizarmos um trabalho em conjunto”, contou Michelle, que posteriormente recebeu o convite para orientar a dissertação de mestrado de Cristián, intitulada “Investigação do Quarto Setor da Economia no Chile: é necessário uma legislação para as empresas B?”. O trabalho se refere às empresas B, de empreendedores que visam lucro mas têm propósitos sociais.

“O Chile está na ponta em volume de empresas B. A pesquisa abrangeu vários países e mostrou que no Chile deu muito certo”, relatou o pesquisador. “Foi uma experiência riquíssima. O interessante foi perceber o avanço que alcançamos com este trabalho”, concluiu Michelle.