quarta-feira, 8 de julho de 2015

Incentivo à leitura em Escola Municipal do interior


Novos projetos para um aprender mais divertido - Foto: Marcelo Ferreira

A Escola Municipal Stella Moraes Simões, localizada em Vargem Grande, no 3º Distrito, está repleta de novidades. A atual equipe gestora vem implementando novos projetos pedagógicos e conseguindo melhorias físicas para a unidade escolar, junto a Secretaria Municipal de Educação. A busca por uma maior participação da comunidade no ambiente escolar também é outro diferencial apresentado pela equipe administrativa.

“De acordo com o projeto pedagógico gestor apresentado pela SME, ‘Conhecimento, a luz que brilha em você! Acenda essa ideia! ’, criamos diversos projetos que visam à ampliação dos conhecimentos e da aprendizagem dos nossos alunos. Usamos como tema Leonardo da Vinci, suas invenções, o surgimento da escrita, pinturas, e as crianças estão amando. A escola sempre foi focada em um ensino mais tradicional, muito ligado a matriz curricular e esses projetos têm tornado o aprender mais rico e divertido para nossos alunos”, explica a diretora Marcia Cristina da Rocha.

Entre as inovações pedagógicas efetivadas na unidade escolar está maior incentivo à leitura, com a biblioteca funcionando com livre acesso, seminários entre turmas onde os alunos têm a chance de se expressar e apresentar o que aprenderam para seus colegas, e projetos de leitura, como o desenvolvido com a escritora Andrea Taubman, que procurou mostrar aos pais como é importante ler com os filhos, têm trazido novidades a rotina escolar, ampliando horizontes e gerando curiosidade sobre a realidade do mundo em que estão inseridos os alunos da escola localizada no interior do município.

Além de todas essas novidades, a escola também iniciou uma série de reformas, que está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Educação. A participação dos pais e responsáveis no dia a dia da escola é outra novidade que tem sido incentivada pela atual diretoria.

“A escola está recebendo rampas de acesso em todas as entradas da escola. Também estamos em obras para a adaptação do banheiro visando atender alunos com necessidades especiais. Afinal, se falamos em diversidade e não adaptamos a escola para recebermos esses alunos, esse discurso cai no vazio. Também temos recebido todo o apoio da comunidade”, comemora a diretora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário