terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Gerenciamento de resíduos sólidos no Unifeso

Estudantes do curso de Engenharia Ambiental - Foto: Unifeso
 
Há dois anos estudantes do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) desenvolvem um trabalho de conscientização dos frequentadores do Campus Feso Pro Arte quanto à segregação do resíduo sólido.
 
A ação faz parte da disciplina Gerenciamento de Resíduos Sólidos e Reciclagem, ministrada pela professora Verônica Rocha Bonfim. “Os alunos que passam por esta disciplina aprendem conceitos importantes relacionados aos resíduos sólidos urbanos, métodos de tratamento, destinação final e o gerenciamento dos mesmos”, contou a professora.
 
Entre as principais ações realizadas até agora estão a elaboração de subsídios à construção participativa de um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos para o campus; a implantação de coletores coloridos destinados à coleta seletiva, confecção de cartazes para a sensibilização dos frequentadores do campus e a elaboração de orçamento e alternativas para a eliminação dos copos descartáveis a partir de 2015.
 
De acordo com a professora Verônica o principal objetivo “é transformar o campus numa referência acadêmica, voltada à sustentabilidade ambiental em Teresópolis. É fundamental sermos exemplo para o município no que tange às questões e desafios relativos ao meio ambiente. Estes desafios podem ser superados a partir do processo ensino-aprendizagem, proporcionando aos alunos uma oportunidade de adquirirem experiência a partir da sua realidade e sendo sujeitos desta transformação”.
 
A estudante Jéssica Carvalho participou da ação coletando informações como, por exemplo, o número de copos descartáveis e o valor total gasto na compra destes copos mensalmente, e ainda propondo soluções como o fim do uso dos copos descartáveis com a compra de bebedouros de pressão. “Esta prática, além de ser economicamente viável, também seria ambientalmente correta”, notou Jéssica.
 
Segundo ela, outra iniciativa realizada pelo seu grupo foi a inauguração das lixeiras coletivas no campus, “que simbolizou um marco inicial das mudanças de comportamento que devem ser incentivadas e estimuladas. Ficamos felizes em participar dessa iniciativa e promover uma mudança. Temos a consciência que para uma mudança global devemos agir e pensar localmente, mudando primeiramente as nossas atitudes individuais e servindo como exemplo para outras pessoas”, concluiu a estudante.

Nenhum comentário:

Postar um comentário