quarta-feira, 21 de junho de 2017

Professores estudam a situação socioeconômica de Teresópolis


Palestra da Prof. Roberta Amaral - Foto: Unifeso

A ‘Situação Socioeconômica e Financeira de Teresópolis’ é o tema de uma importante pesquisa que os professores Roberta Montello Amaral e Patrick Fontaine Reis de Araújo, dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, estão desenvolvendo no município de Teresópolis através do Plano de Incentivo à Extensão (PIEX) do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO).

No dia 7 de junho, durante a palestra “Vamos colocar tudo na ponta do lápis”, eles apresentaram alguns dados iniciais deste estudo que aborda as seis principais áreas da cidade: trabalho e renda, saúde, educação, segurança pública, habitação e administração pública. “Estamos fazendo uma comparação de Teresópolis com municípios que julgamos parecidos, visando com isso estabelecermos melhorias”, adiantou a professora Roberta.

A pesquisa tem a participação de dois estudantes bolsistas, Bárbara Couto e Leoni Rocha, do curso de Ciência Contábeis, e a colaboração dos professores Ana Maria Gomes de Almeida, diretora do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), Jucimar André Secchin, coordenador dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, Valéria Brites, Telma Amorim e do egresso Danilo Amaral.

“Percebemos que os gestores públicos, de uma forma geral no país, têm agido de uma maneira não muito fundamentada, o que descaracteriza as ações de uma gestão que se considera eficiente e eficaz. Por conta disso a professora Roberta apresentou um projeto do PIEX cujo objetivo é levar aos gestores públicos de Teresópolis, e principalmente à população, indicadores que digam respeito à nossa realidade”, contou a professora Ana Maria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário