quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Clássicos de Tom e Vinícius em Teresópolis


Pianista Bruno Fonseca - Foto: Divulgação

Quando o poeta, compositor e diplomata Vinícius de Moraes morreu, em 9 de julho de 1980, no Rio de Janeiro, o pianista Bruno Fonseca nem era nascido. E quando o maestro, compositor e multi-instrumentista Tom Jobim também se foi, em 8 de dezembro de 1994, em Nova Iorque, Bruno tinha pouco mais de dois anos.

Mas isso não impedirá que, na noite de 25 de março, ele e o amigo violinista Giordano Marreli prestem o seu sincero “Tributo a Tom e Vinícius”, a partir das 20h, no Teatro Municipal de Teresópolis, que fica no 2º piso da Prefeitura (Avenida Feliciano Sodré, 675, Várzea).

Bruno e Giordano, claro, são apaixonados por MPB. E, segundo o pianista, a ideia é apresentar um dos mais altos momentos de nossa música para gerações que não conheceram o poetinha e o maestro. “É importante que conheçam o trabalho desses dois gênios brasileiros, pois o acesso ao trabalho deles, hoje, na mídia, é pequeno”, comenta Bruno, que tem 27 anos. “E também, claro, matar a saudade dos mais velhos, que acompanharam pelo menos parte de suas trajetórias”, completa.

No repertório, dez canções clássicas da Bossa Nova com a marca de Tom e Vinícius (e de seus ilustres parceiros) — entre elas a mais conhecida de todas, “Garota de Ipanema”; além de “Wave”; “Eu Sei Que Vou Te Amar”; “Pela Luz dos Olhos Teus” e “Insensatez”. Um luxo só! E o que é melhor: com entrada franca! O show-tributo tem o apoio logístico da Prefeitura Municipal de Teresópolis, através de sua Secretaria de Cultura. “Um espetáculo assim só engrandece a cidade e joga luz, para as novas gerações, sobre a obra de dois dos nossos maiores compositores e intérpretes, que viveram talvez a época de ouro de nossa música”, comenta o Secretário Márcio de Paula.




Nenhum comentário:

Postar um comentário