sábado, 5 de novembro de 2016

Estudantes tem aula prática sobre Mata Atlântica e preservação


Projeto Floresta-Escola, no Campus do Unifeso - Foto: Unifeso
 
Estudantes do Centro Educacional Serra dos Órgãos (CESO) visitaram o projeto Floresta-Escola, no Campus Quinta do Paraíso do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO). Acompanhados de professores e da coordenadora do Ensino Médio, Gisele Esteves da Câmara, os estudantes do primeiro ano do Ensino Médio foram recepcionados pelo coordenador do curso de Ciências Biológicas, professor Carlos Alfredo Cardoso, e pela professora Liane Pitombo, responsável pelo projeto, além dos monitores. Os jovens tiveram a oportunidade de observar o trabalho que está sendo desenvolvido na região e ainda plantaram árvores que serão monitoradas por eles ao longo do Ensino Médio.
 
Na atividade realizada em setembro, o grupo visitou também o Laboratório de Parasitologia para compreender a importância dos insetos para o ambiente, e em seguida foi a vez de conhecer o Meliponário-Escola, onde aprenderam a função das abelhas sem ferrão na preservação da Mata Atlântica.
 
“A experiência com os estudantes do CESO foi muito gratificante para todos do grupo da Floresta-Escola. Conversamos com os alunos sobre a importância do projeto e seus objetivos, depois os dividimos em grupos que, munidos de pás e luvas realizaram o replantio das essências nativas em substituição às espécies que não haviam resistido aos períodos de seca, e por último seguimos para a sessão de fotos. Todos declararam que as atividades práticas de campo fazem a diferença no entendimento das questões ambientais da atualidade”, enfatizou a professora Liane Pitombo.
 
“Percebi que visita dos estudantes do CESO ao projeto Floresta-Escola foi bastante proveitosa. Trocamos algumas palavras introdutórias com eles sobre o projeto e a importância do reflorestamento e logo os guiamos para a prática. Ao lado dos monitores e da professora orientadora eles entraram em contato direto com a terra e fizeram o plantio de mudas nativas da Mata Atlântica, o que é fundamental para o desenvolvimento de uma consciência ecológica e para a preservação de nossas matas”, afirmou Pablo Raphael Vieira Fernandes, monitor de Botânica no projeto Floresta Escola e estudante do 3º ano de Licenciatura em Ciências Biológicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário