sexta-feira, 8 de março de 2019

Ausência de recadastramento bloqueia benefícios da Tereprev


Imagem meramente ilustrativa

Quatorze aposentados e pensionistas que, de acordo com o Tereprev (Instituto de Previdência dos Servidores Públicos Municipais de Teresópolis), ainda não fizeram prova de vida, estão com benefícios e proventos relativos a janeiro e fevereiro bloqueados.

O recadastramento teve início em novembro de 2018 e o prazo foi prorrogado até o dia 18 de janeiro de 2019. Mesmo assim, esses 14 inativos não compareceram para cumprir a exigência, que atende determinação do TCE-RJ (Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro).

“Para voltar a receber esses valores, basta comparecer o mais breve possível na sede do Tereprev, com documento de identificação. Quem estiver impossibilitado de ir, a opção é pedir a um familiar que apresente um atestado médico atual. Outra alternativa é apresentar uma declaração, com a assinatura autenticada em cartório, explicando o motivo do não comparecimento”, explica Doralice Veríssimo, Diretora Presidente do Tereprev.

Localizado no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas (Av. Lúcio Meira, 375, sala 109 – antigo Fórum, na Várzea), o Tereprev funciona de segunda a sexta, das 10h às 16h. O telefone para informações é (21) 2643-2246.

Nenhum comentário:

Postar um comentário