quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Vândalos furtam e destroem decoração de Natal no Alto


Vândalos destruíram decoração de Natal - Foto: AsCom PMT

Vândalos destruíram na madrugada da quarta-feira (12/12), a decoração de Natal da Praça Nilo Peçanha, no Bairro do Alto, em Teresópolis. A praça, também conhecida como praça do Colégio Ginda Bloch, havia sido decorada na noite anterior. Os cordões luminosos foram arrebentados e deixados espalhados nos canteiros das árvores. Na área do parque infantil, coreto e academia da melhor idade, a iluminação especial foi furtada.

De acordo com a Secretária de Cultura, Turismo e Esporte, Cléo Jordão, o prejuízo com o material usado na decoração da praça foi de cerca de R$ 2 mil. Dinheiro doado por empresários, já que a decoração de Natal está sendo custeada pelo Teresópolis Convention & Visitors Bureau, por meio de um acordo de cooperação com o setor privado.

Entretanto, o prejuízo emocional foi incalculável. Toda a mão de obra para a confecção da decoração é de voluntários. E a decoração de Natal é um esforço da gestão para aumentar a auto-estima da cidade, atrair turistas e movimentar a economia local.

“A gente vem somando esforços junto às secretarias municipais e aos empresários para conseguir fazer o um belo Natal. Infelizmente, encontramos pessoas que não colaboram em deixar nossa cidade linda e iluminada. Por isso, repudiamos todo ato de vandalismo. A gente espera e pede para que a população nos ajude a denunciar esse tipo de ação”, desabafou Cléo Jordão, acrescentando que toda a decoração será refeita.

Na manhã da quarta-feira (12/12), funcionários da Secretaria de Serviços Públicos estiveram na Praça Nilo Peçanha para retirar os cordões luminosos que foram arrebentados. O Secretário de Segurança Pública, Marcos Antônio da Luz, informou uma parceria com a Polícia Militar para reforçar a segurança no local por meio de policiamento ostensivo.


Funcionários da secretaria de Serviços Públicos que instalaram a decoração registraram um Boletim de Ocorrência, para que a Polícia Civil investigue o ato de vandalismo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário