sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Teresópolis tem 19 casos suspeitos de sarampo em investigação


Vacinação contra o sarampo está funcionando - Imagem ilustrativa

A Secretaria de Saúde de Teresópolis informa que há 19 casos suspeitos de sarampo em investigação pela Divisão de Vigilância Epidemiológica (DVE). A maioria se refere a pacientes que estiveram em municípios do Estado com histórico de transmissão da doença. Após a visita, esses pacientes retornaram para a cidade com sintomas e sinais da patologia.

Os exames desses pacientes foram coletados e encaminhados ao Laboratório Central de Saúde Pública Noel Nutels (LACEN-RJ). Dos 19 casos suspeitos examinados, 5 resultados deram positivo em primeira coleta e  aguardam o resultado final da segunda coleta enviada ao LACEN-RJ.

Todas as medidas profiláticas e de orientação quanto à vacinação foram realizadas. Todas as medidas de bloqueio vacinal para a doença têm sido tomadas pela Secretaria de Saúde.

Apesar da campanha de intensificação da vacinação contra o sarampo estar focada na população de 6 meses a 59 anos, os postos de saúde estão abertos para as pessoas em qualquer faixa etária, principalmente até 59 anos.

O esquema vacinal é considerado completo quando a pessoa já tomou duas doses da vacina após 1 ano de idade. Quem não tiver essas duas doses tomadas após 1 ano de idade não está completamente protegido e deve ser avaliado no posto de saúde mais próximo de sua residência para, eventualmente, receber uma dose adicional.

As pessoas que não sabem, ou não conseguem avaliar se têm o esquema vacinal completo, devem comparecer ao posto mais próximo de sua residência, com o cartão de vacinação, para que um profissional de saúde avalie a necessidade, ou não, de complementar a dose.

Pode ser considerado caso suspeito de sarampo: pessoa com febre, manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas que se espalham para o corpo, acompanhadas de tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, independentemente da idade e da situação vacinal; todo indivíduo considerado como caso suspeito com história de viagem ao exterior nos últimos 30 dias ou, ainda, história de contato com alguém que viajou para locais com circulação do vírus do sarampo no mesmo período.

A vacina contra sarampo é aplicada de segunda a sexta, de 8h às 16h, em 20 locais, na cidade e no interior: PSFs de Albuquerque, Araras, Barra do Imbuí, Beira Linha, Fonte Santa, Granja Florestal, Granja Guarani, Meudon, Perpétuo, Pimenteiras, Quinta Lebrão, Rosário, Vargem Grande e Venda Nova; no Centro Materno Infantil, no Centro de Saúde da Várzea, na Unidade de Saúde Santo Antônio/Alto e nas Unidades Básicas de Saúde de Bonsucesso, Vieira e de Água Quente.


Mais informações podem ser obtidas na Divisão de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, na Rua Júlio Rosa, 366, bairro Tijuca, ou através do telefone 2742-9883, de segunda a sexta-feira, de 9h às 17h.


Nenhum comentário:

Postar um comentário