terça-feira, 6 de setembro de 2016

Festival Prata da Casa do Unifeso fez sucesso


Samba no Festival Prata da Casa - Foto: Unifeso
 
O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) realizou no dia 26 de agosto o Festival Prata da Casa, evento promovido pelo Centro Cultural FESO Pro Arte (CCFP) reunindo estudantes, professores e funcionários técnico-administrativos em uma grande confraternização cultural.
 
A noite contou com apresentações musicais do samba ao rock e declamações de poesia. Foram cerca de cinco horas de evento para um público muito animado que assistiu às atrações que subiram ao palco montado no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza. Com o objetivo de contribuir para a integração institucional através da arte, da cultura e da educação, o Festival reuniu representantes de todas as unidades da comunidade FESO/UNIFESO.
 
A programação contou com apresentação dos estudantes do Coral de Libras, que abriram o evento interpretando músicas pela linguagem de sinais. O músico Denis Lopes também participou da programação, com repertório voltado para a MPB, assim como a banda do estudante de Ciências Biológicas Edivaldo Junior.
 
O samba também esteve presente e agitou o público com as apresentações da banda do funcionário Luiz Carlos dos Santos e do estudante Fillipe Temóteo, do curso de Medicina, acompanhado do grupo Quintal do Céu. Também não faltaram o pop e o rock, com a estudante Loris Vasconcelos de Aquino, estudante do Centro Educacional Serra dos Órgãos (CESO), a dupla formada pelo professor Laion Manfroi, coordenador do curso de Ciência da Computação e Leandro Chernicharo e ainda as bandas da professora do Centro de Ciência e Tecnologia Rafaela Ramos Soares, e dos estudantes Pablo Raphael Fernandes, do curso de Ciências Biológicas, Sanjay Domingues (CESO) e Rodrigo Lima, do curso de Ciência da Computação.
 
A poesia esteve presente na programação com a dupla formada pelas professoras Mariana Beatriz Arcuri, diretora do Centro de Ciências da Saúde (CCS), e Ana Maria Gomes de Almeida, diretora do Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS). O estudante Douglas Willian Dias, do curso de Enfermagem, recitou uma poesia de autoria própria. “É muito importante para o UNIFESO esse momento de integração entre funcionários, estudantes e professores. É um momento único de poder demonstrar um pouco daquilo que muitas vezes está entrelaçado na gente em relação à cultura, em relação à arte, e que muitas vezes passa despercebido pelos corredores, nas salas de aula. Às vezes não notamos nem o nosso talento e nem o talento do próximo”, disse Douglas.
 
A professora Rosane Rodrigues Costa, diretora geral do HCTCO, participou do evento cantando clássicos da Música Popular Brasileira e destacou que foi um momento de muita descontração e alegria. “Eu, José Roberto e Manoel Lucas adoramos ter participado, foi uma grande oportunidade de encontro e um momento divertido. A organização foi primorosa, tudo com muita qualidade, o palco, som, decoração, o camarim acolhedor. Muito bom poder conhecer os talentos que a nossa Instituição tem. Foi um evento agregador, o clima era de harmonia. Parabéns à equipe capitaneada pela maravilhosa Michelle Bronstein. Penso que o evento deve constar do calendário da FESO”, disse a diretora.
 
Para encerrar a festa apresentou-se a banda Macaco Velho, convidada pela organização do evento, que tem o funcionário da Gerência de Materiais e Serviços Fernando Alvarenga como baterista. “A gente já participa com frequência do PoÊterÊ, evento do Centro Cultural FESO Pro Arte, então veio o convite e resolvemos fazer o show aqui também. É um evento superinteressante, a FESO precisa muito desses incentivos para essa sinergia entre nós, é muito importante”, destacou Fernando.
 
“A importância desse evento aqui é a integração que nós sempre queríamos fazer, são talentos da casa se apresentando para uma plateia também da casa, inclusive com várias pessoas de fora já que se trata de um festival aberto ao público, mostrando a unidade da FESO, UNIFESO e Centro Cultural FESO Pro Arte, afirmou o professor Jorge Bragança, presidente do Conselho do CCFP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário