quarta-feira, 6 de abril de 2016

Encontro de Cultura de Raiz completou sete anos


Sete anos de criação do Cultura de Raiz - Foto: Marcelo Roza
 
O aniversário de sete anos de criação do Encontro de Cultura de Raiz foi comemorado com uma programação especial no último domingo, dia 3, na Casa de Cultura Adolpho Bloch, em Araras. Artistas de Teresópolis e das cidades de Guapimirim e Cachoeiras de Macacu declamaram poesias em homenagem ao projeto e tocaram moda de viola, entre outros ritmos, em um novo cenário. O evento contou com a presença do Secretário de Cultura e de Turismo, Elias Martins:
 
'Está sendo uma festa muito bonita. E hoje comemorando o aniversário do programa com novo cenário, criado pelo artista plástico Ricardo Guarilha, funcionário da Secretaria de Cultura, e confeccionado pela equipe do Turismo. Teremos bolo e parabéns e a ideia é que o projeto cresça a cada mês'.
 
O Cultura de Raiz segue o formato de programa de auditório, agora em cenário de quintal de casa da roça. Apresentador do programa, o engenheiro agrônomo Beto Selig, falou da satisfação da continuidade do programa: 'Eu estou muito feliz, principalmente com as amizades que a gente construiu durante todo esse tempo. Esse é um canal de expressão conquistado pela arte popular', destacou Selig.
 
Os artistas participantes da edição de aniversário foram Roninho e Adão; Paulo Medeiros, que cantou ‘Jeito Carinhoso’ (Jads & Jadson); Ivanil Rezende animou o público com ‘Anunciação’ (Alceu Valença); Moacir Rosa emocionou ao tocar ‘Ainda ontem chorei de saudade’ (João Mineiro e Marciano); e Lucas Castilho & Paulo Medeiros apresentaram uma marchinha em homenagem ao Cultura de Raiz.
 
‘Asa Branca’, em versão instrumental, foi a música escolhida por Francisco Corino. Írio Lima, de Guapimirim, e Arnaldo Almeida, com acompanhamento de diversos músicos, interpretaram ‘Pedra da Responsa’, de composição de Zeca Baleiro.
 
Os músicos Monteiro, Zé Rodrigues, Félix do Forró e Maninho, Carlos Boy, Alex Weey e Frederico, de Cachoeiras de Macacu, Lucas Pires Ferreira, Zé Lopes, Edson Rosa, Viajante & Crésio da Vila e Amado Rodrigues subiram ao palco para cantar parabéns para o projeto. Ao final, a festa teve ainda uma apresentação com músicas de capoeira de Angola.
 
Promovido Prefeitura, através da Secretaria de Cultura, o programa visa à valorização da música do homem do campo e o resgate dos artistas populares. Conta com edições mensais, realizadas sempre no primeiro domingo de cada mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário