quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Estudantes de Veterinária fazem visita técnica em abatedouro

Estudantes do curso de Medicina Veterinária - Foto: Unifeso
 
Estudantes do oitavo período do curso de Medicina Veterinária do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) realizaram uma visita técnica ao abatedouro de aves Andriaves, em São José do Vale do Rio Preto. A atividade da disciplina Higiene, Inspeção e Tecnologia de Carne, ministrada pela professora Cecilia Riscado Pombo, aconteceu no dia 2 de outubro. Um grupo de 15 estudantes teve a oportunidade de conhecer como é a rotina de trabalho em uma área de atuação da Medicina Veterinária pouco conhecida da população, que é a Tecnologia de Alimentos.
 
A visita técnica teve por objetivo despertar o interesse dos alunos por este setor tão importante para os profissionais e para a sociedade. “Ao contrário de que muitos pensam, a Medicina Veterinária também trabalha em prol da saúde humana, no que diz respeito ao controle de qualidade e inspeção dos produtos de origem animal para consumo humano, uma vez que os fiscais agropecuários do Ministério da Agricultura trabalham na inspeção desses produtos na indústria. Esta é uma área privativa dos médicos veterinários, pois são estes profissionais que estudam produção animal, fisiologia animal, doenças infecciosas, doenças parasitárias e zoonoses, além da tecnologia, higiene e inspeção de produtos de origem animal para consumo humano, entre outras disciplinas relevantes para a obtenção de alimentos seguros”, explicou a professora Cecília Pombo.
 
Tanto a professora quanto os alunos ficaram satisfeitos com a oportunidade de acompanhar na prática o que é ensinado em sala de aula, pois, de acordo com a professora Cecília, “a atividade prática reforça e fixa os conhecimentos ministrados, o que a faz uma ferramenta pedagógica fundamental para a formação dos discentes”.
 
A estudante Emanuela Ferreira Torres destacou o entusiasmo com a visita. “Vimos minuciosamente todas as partes do processo de abate, desde a chegada do animal à indústria, todos os pontos críticos de controle higiênico-sanitário até o produto final que vai para a comercialização. Todos ficaram muito bem esclarecidos e as dúvidas foram sanadas com a visita técnica como complementação”.
 
Quem também enfatizou a importância que a atividade teve para o aprendizado foi a estudante Beatriz Miloski Scharfy. “A inspeção sanitária realizada em abatedouros é atribuição exclusiva do médico veterinário, e temos a função humanitária de garantir o bem estar dos animais e consequentemente assegurar a qualidade dos alimentos de origem animal que são consumidos pela população. Acompanhar a recepção das aves até a transformação em produto final foi muito importante. Particularmente, com essa prática, tive uma visão diferenciada dessa área de atuação o que me despertou interesse em trabalhar na área de inspeção sanitária, por ter grande importância para a saúde pública”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário