quarta-feira, 12 de março de 2014

Cultura realiza ação no Mirante da Granja Guarani


Quiosque das Lendas - Foto de arquivo

Neste domingo, 16/03, será realizada uma grande ação cultural no Mirante da Granja Guarani, a partir das 15h. A iniciativa da Secretaria Municipal de Cultura visa marcar a ocupação oficial da Prefeitura sobre o terreno que abriga o histórico mirante, também conhecido como Quiosque das Lendas, e tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac) desde 1988.

Estão previstas apresentações musicais, com os músicos Fernando Mello, Arnaldo Almeida, Marcos André e Ayrton Rebello; recreação infantil, com a professora Andrea Sant’Anna; atividades circenses, com o palhaço e malabarista Ivo Bernardo; e ainda números de dança, com o grupo de dança de rua Top Street Dance. O conhecido cartunista e escritor Ziraldo estará presente e promete agitar a garotada com suas histórias.

Na oportunidade, será inaugurado um marco da ocupação, contendo informações sobre o mirante, e apresentado o projeto do Polo de Cultura da Granja Guarani, prédio que abrigará ainda o administrativo do atrativo cultural e turístico, garantindo a integridade do bem tombado.

O terreno, de 1.800m2, já vinha sendo guardado pelo Poder Público desde 2013 e, recentemente, foi oficialmente doado à Prefeitura, com ação sacramentada através de escritura já assinada e registrada em cartório. A doação foi realizada em cumprimento à determinação da sentença judicial do processo movido pelo Ministério Público. E, a partir de agora, faltará apenas o trabalho de restauração do mirante em si, obra que foi prometida pelo Governo do Estado, através do Inepac, responsável pela edificação.

Sobre o mirante

Com estilo neocolonial e arquitetura de influências coloniais mexicanas e mouriscas, o Quiosque das Lendas foi construído na década de 20 do século passado e é composto por dois corpos interligados por um avarandado coberto, encimando uma grande elevação que forma uma espécie de platô. A construção, obra do engenheiro teresopolitano Carlos Nioac de Souza, é emoldurada por colunas toscanas de capitel simples e arcos de alvenaria revestidos com azulejos portugueses.

Produzidos em Lisboa no ano de 1929, os azulejos que revestem o mirante foram pintados pelo renomado artista Jorge Colaço (1864-1942) e retratam quatro lendas indígenas: “O Dilúvio”, “O Anhangá e o Caçador”, “A moça que saiu para procurar marido” e “Como apareceu a noite”, derivando-se daí o nome Quiosque das Lendas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário