sexta-feira, 7 de março de 2014

Campanha de vacinação contra o HPV


Campanha contra o HPV - Foto ilustrativa

Começa nesta segunda-feira, dia 10/03, a campanha de vacinação contra o HPV (vírus do papiloma humano), que previne contra o câncer de colo de útero. Em Teresópolis, a meta é imunizar 80% da população-alvo, estimada em 4.384 meninas de 11 a 13 anos. Ou seja: 3.507 adolescentes deverão receber a 1ª dose da vacina no município. A campanha será realizada até o dia 10 de abril em 20 locais, na cidade e no interior, de segunda a sexta, das 9h às 16h. Pais e responsáveis deverão apresentar original e cópia da caderneta de vacinação.

“Trata-se da campanha de introdução dessa vacina no calendário vacinal das adolescentes. Depois do dia 10 de abril, a imunização estará disponível de forma permanente nesses 20 postos de saúde do município”, explica Daurema Docasar, chefe do Setor de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde.

Na Quinta Lebrão, a imunização acontecerá na unidade de Estratégia de Saúde da Família instalada na sede da associação de moradores do bairro, que foi revitalizada pela Prefeitura e entregue à população no dia 14 de fevereiro. Devido às obras de reforma que estão em andamento nas unidades básicas de saúde de Volta do Pião e de Pessegueiros, no 2° Distrito, a vacinação nessas duas localidades será realizada, respectivamente, na Igreja de São Pedro e São Paulo e no Nikkei Club.

Segundo Daurema Docasar, a obrigatoriedade de apresentar original e cópia da carteira de vacinação é novidade e atende a determinação do Ministério da Saúde. “Isso porque os dados da caderneta serão necessários para controle da aplicação da vacina e a liberação da 2ª dose”, explica.

Cada adolescente deverá tomar três doses para completar a proteção, sendo que a segunda, seis meses depois, e a terceira, cinco anos após a primeira dose. Em 2014, será vacinado o primeiro grupo (11 a 13 anos). Em 2015, segundo o Ministério da Saúde, a vacina passará a ser oferecida para as adolescentes de 9 a 11 anos.

A vacina contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus. Hoje, é utilizada como estratégia de saúde pública em 51 países, por meio de programas nacionais de imunização.

Sobre o HPV

É um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para filho no parto. Estimativa da Organização Mundial da Saúde aponta que 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença.

Em relação ao câncer de colo do útero, estimativas apontam que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido à doença. Neste ano, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos e cerca de 4.800 óbitos. A vacina não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais.

LOCAIS DE VACINAÇÃO

• Cidade: Unidade de saúde de Albuquerque; PSFs de Araras, Barra do Imbuí, Beira Linha, Fonte Santa, Granja Guarani, Granja Florestal, Meudon, Perpétuo, Pimenteiras, Quinta Lebrão, Rosário; Centro de Saúde Armando de Sá Couto e Centro Materno Infantil, na Várzea.


• Interior: Unidades de saúde de Bonsucesso e de Vieira; PSFs de Vargem Grande e Venda Nova; Igreja de São Pedro e São Paulo (Volta do Pião) e Nikkei Club (Pessegueiros).

Nenhum comentário:

Postar um comentário