terça-feira, 30 de outubro de 2018

Engenharias do Unifeso realizam Semana Acadêmica


Palestra, sobre a multinacional Amanco - Foto: Unifeso

A Semana Acadêmica das Engenharias, evento unificado realizado pelas coordenações dos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia Civil e Engenharia Ambiental e Sanitária do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), teve como objetivo proporcionar aos discentes o contato com o mercado de trabalho e a apresentação de novas áreas e oportunidades profissionais por meio do intercâmbio de informações, com a participação de profissionais internos e externos.

Neste ano, o evento contou com uma série de atividades que contemplam oficinas, palestras e minicursos. O professor Heleno da Costa Miranda, coordenador do curso de Engenharia Civil e organizador do evento, destacou que “a programação tem muito a ver com o que os estudantes estão vendo no curso”.

A primeira palestra, sobre a multinacional Amanco, deixou a casa cheia proporcionou um contato com equipamentos e novas tecnologias da área. O palestrante convidado foi Rafael Rodrigues, engenheiro de serviços técnicos, responsável pelas áreas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, falando sobre reabilitação predial e inserindo os sistemas da Amanco neste tema. “A recuperação de edifícios antigos é um tema que ainda está muito em voga e o Retrofit (processo de modernização de algum equipamento já considerado ultrapassado ou fora de norma) está evoluindo muito.

Pôsteres sobre Geologia de Engenharia

Nas Engenharias do UNIFESO, os estudantes são motivados a colocar em prática o conhecimento que vão adquirindo em sala de aula. O resultado são trabalhos de campo e projetos de pesquisa de qualidade, como o do estudante Marcos Monteiro, do terceiro ano de Engenharia Civil. Ele apresentou no CONFESO o estudo sobre Mapeamento Geotécnico do Bairro Panorama, em Teresópolis.


“Selecionamos pontos de interesse geológico, analisamos esses pontos de acordo com o material e os caracterizamos. Foi uma experiência muito boa porque conseguimos conciliar o que vimos em sala com a prática profissional”, avaliou o acadêmico.


Nenhum comentário:

Postar um comentário