terça-feira, 10 de maio de 2016

Universitários debatem diagnóstico de febre nas emergências


Melhoria no diagnóstico de febre - Foto: Unifeso
 
O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) realizou no dia no dia 28 de abril mais um encontro do Ciclo de Debates Atualidades em Saúde, com o tema “Avaliando o paciente febril: da emergência à enfermaria”. O palestrante foi o médico emergencista Luis Filipe Figueiredo, professor do curso de Medicina. O auditório novamente recebeu um grande público formado por estudantes dos cursos de Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia, Farmácia e Medicina.
 
“O objetivo da palestra é a abordagem do paciente febril na emergência, que é um assunto de extrema importância, já que vem ao encontro a uma epidemia de três grandes arboviroses e nós acabamos focando mais nelas, esquecendo que há outros diagnósticos diferenciais, o que acaba impactando no prognóstico e, consequentemente, na mortalidade dos indivíduos que não são diagnosticados corretamente”, explicou o professor Luis Filipe.
 
A professora Mariana Arcuri, diretora do CCS, fez a abertura do evento e parabenizou os estudantes de diversos cursos que demonstraram interesse em conhecer mais sobre o assunto. “Começamos em fevereiro o Ciclo de Palestras e teremos eventos até o final do ano”.
 
“O tema é muito relevante e muito clínico. A abordagem e a investigação são de extrema relevância para o médico recém-formado. Trabalhar os possíveis diagnósticos é algo que o professor Luis nos cobra, o raciocínio clínico e evitar os gastos com exames laboratoriais desnecessários, que é um grande problema que temos hoje nas emergências”, destacou Ian Maia, estudante de Medicina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário