sexta-feira, 12 de agosto de 2016

CRAS do Alto apresenta nova sede em 'Arraiá Olímpico'

Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Alto - Foto: PMT
 
O Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do Alto realizou na quinta-feira, 11/08, o Arraiá Olímpico em comemoração às Olimpíadas, realizadas pela primeira vez no Brasil. Lanche com comidas típicas, música, dança e muita alegria proporcionaram momentos de confraternização entre as famílias atendidas e a equipe da unidade. Desde julho, o órgão funciona em novo endereço, na Rua Nilza Chiapeta Fadigas, 190, na Várzea.
 
Segundo Tania Iorio, secretária de Desenvolvimento Social, além das atividades realizadas no programa, as festividades proporcionam bem estar e contribuem para o fortalecimento dos vínculos de amizade. “Nosso objetivo é esse: estar junto às famílias que mais necessitam e promover momentos prazerosos, onde elas se sintam bem”, afirmou.
 
Para a coordenadora do CRAS Alto, Adriana Marques, o mais importante para os usuários é a convivência entre si. “O idoso sai do isolamento e passa a conviver com outras pessoas e trocar experiências de vida. Nas oficinas, procuramos trabalhar concentração e memória e a culminância disso tudo são esses momentos de festa e alegria”, relatou Adriana.
 
Com quase 90 anos, dona Vera Marques receita “Venham para o CRAS, aqui vocês vão ter amigos de todas as idades, é maravilhoso”. Para Glória Ferraz, não dá para ficar sem as atividades promovidas pela unidade. “Fiquei parada um tempo da oficina de artesanato e senti muita falta, mas graças a Deus estamos juntas de novo”.
 
Dona Maria de Paula falou que recuperou a saúde e a vontade de viver. “Minha médica disse que minha saúde melhorou muito depois que comecei a participar das oficinas”, contou.
 
Vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Social, o CRAS busca o resgate da cidadania e da autoestima, oferecendo oficinas de artesanato, costura, tricô e tear e biscuit, além de acompanhamento com assistente social.

Nenhum comentário:

Postar um comentário