quarta-feira, 27 de junho de 2012

Análise da água das fontes da cidade

Fonte Judith própria para consumo - Foto: Portal Terê

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado da análise microbiológica feita em oito fontes da cidade. De acordo com as amostras coletadas no mês de maio e analisadas pelo Lacenn-RJ – Laboratório Central Noel Nutels, referência neste tipo de serviço, duas fontes encontram-se impróprias para consumo: Fonte Amélia e Fonte Tijuca, que apresentam a presença de coliformes.

Como a água das fontes pode sofrer variações de potabilidade, devido a alterações climáticas e do ambiente do entorno onde elas se localizam, os usuários são orientados a sempre ferver ou filtrar e clorar a água antes de ser consumida. A cloração é indicada porque o cloro, em dosagens corretas, elimina vários microorganismos causadores de doenças.

Confira o resultado da análise:

• Fonte Judith (Alto) – Própria para consumo
• Fonte Amélia (Alto) – Imprópria para consumo
• Fonte Brahma (Várzea) - Própria para consumo
• Fonte Santa Ângela (Vale do Paraíso) - Própria para consumo
• Fonte São Sebastião (Pimenteiras) - Própria para consumo
• Fonte da Tijuca (Tijuca) – Imprópria para consumo
• Fonte Fonte Santa (Fonte Santa) – Própria para consumo


Nenhum comentário:

Postar um comentário